pub

Notícia

Tragédia de Pedrogão Grande

Marcelo Reage. Pedrógão Grande está cercado pelas chamas. Deputados e jornalistas presos na vila

O Presidente faz um comunicado sentido ao país. Entretano, o jornal I avança que os deputados e os jornalistas que se encontram na vila da tragédia estão agora, de novo, cercados pelo fogo. O balanço provisório de vítimas continua nos 61 mortos, entre eles 4 crianças, e 135 feridos. Reveja os relatos de quem está a viver toda esta tragédia.
Por João Bénard Garcia | Ana Cristina Esteveira | 18 de junho de 2017 às 14:44
4 crianças entre os mortos do inferno de Pedrógão 4 crianças entre os mortos do inferno de Pedrógão 4 crianças entre os mortos do inferno de Pedrógão 4 crianças entre os mortos do inferno de Pedrógão 4 crianças entre os mortos do inferno de Pedrógão 4 crianças entre os mortos do inferno de Pedrógão 4 crianças entre os mortos do inferno de Pedrógão 4 crianças entre os mortos do inferno de Pedrógão 4 crianças entre os mortos do inferno de Pedrógão 4 crianças entre os mortos do inferno de Pedrógão
4 crianças entre os mortos do inferno de Pedrógão

Num comunicado sentido ao país que vive um estado de emergência, o Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa avançou, há meia hora, a notícia de que acabou de promulgar o diploma que decreta luto nacional por três dias. "A nossa dor neste momento não tem medida como não tem medida a solidariedade de todos nós com as famílias das vítimas da tragédia de Pedrógão Grande".

"Uma só morte em tais circunstâncias é sempre uma tragédia. Tantas dezenas de mortes representam uma tragédia quase sem precedente na história de Portugal democrático", salientou o presidente.

"É uma hora de dor, de combate, de resistência, de ânimo redobrado e renovado", disse Marcelo Rebelo de Sousa, quea proveitou para agradecer os esforços de todas as forças que combatem os fogos no terreno. "A nossa ilimitada gratidão e o nosso incondicional apoio. Com eles estarei de novo nos próximos dias a partir já de amanhã", rematou, avançando que amanhã, dia 19, voltará a Pedrógão Grande, assim que as condições de segurança o permitam.

O presidente recordou ainda as mensagens de apoio e "o testemunho amigo de personalidades tão diversas" quanto o Papa Francisco, o rei de Espanha, os presidentes da República de Cabo Verde, da Alemanha, da França e também da República Checa, da Grécia, secretário geral das Nações Unidas, o presidente da Comissão Europeia e o princípe Aga Khan. "Uma palavra especial para o presidente da Colômbia que acaba de me confirmar o cancelamento da visita de Estado prevista para depois de amanhã", revelou.

"Nesta hora há também interrogações e sentimentos que não podem deixar de nos angustiar. A começar por um sentimento de crescida injustiça, porque a tragédia atingiu aqueles portugueses de quem menos se fala, de um país rural, isolado, com populações dispersas, mais idosas,  mais difíceis de contactar, de proteger e de salvar. Guardemos contudo no imediato estes e outros sentimentos que legitimamente nos sobressaltam, inconformistas que somos no mais fundo do nosso coração."

"Sem nos esquecermos, concentremos agora a nossa bondade no essencial: prosseguir o combate em curso, manter e alargar de forma ativa e consequente a nossa solidariedade a quantos sofreram e ainda sofrem a tragédia, demonstrando que nos instantes mais difíceis da nossa vida como nação somos como um só. Por Portugal", declarou Marcelo Rebelo de Sousa.

DEPUTADOS E JORNALISTAS PRESOS PELO FOGO EM PEDRÓGÃO GRANDE 

O jornal I acaba de avançar que a vila de Pedrógão Grande está de novo cercada pelas chamas. Os políticos que se deslocaram ao local, em especial os deputados eleitos pelos circulos eleitorais de Leiria, Santarém e Coimbra, bem como alguns dos jornalistas que se encontram em serviço na vila estavam presos por várias frentes de incêndio. Uma estrada está entretanto a ser aberta para possível evacuação.

O diário assegura que apesar das comunicações estarem fracas, chega a informação que deputados e equipas de jornalistas estavam encurralados pelas chamas em Pedrógão Grande. De norte a sul, "estamos rodeados pelo fogo", terá avançado uma fonte ao I. 

A evacuação, por via área, está neste momento impossibilitada pela dimensão do fumo em torno de Pedrógrão Grande, não havendo visibilidade sequer para quem está no terreno. A A13 tinha sido cortada ao início da tarde e o IC8, a estrada da morte, voltou a estar encerrada. As Forças Armadas estão a apoiar bombeiros e GNR no combate às várias frentes ativas.

Quando os bombeiros foram chamados a combater as primeiras chamas deste incêndio, pelas 15 horas de sábado, dia 17 de junho, em Escalos Fundeiros, estava-se longe de imaginar a tragédia que se iria abater sobre um país que, até momento, nunca havia enfrentado tamanha catástrofe.

A carregar o vídeo ...
;

Perante a dimensão da tragédia, o papa Francisco rezou pelas vítimas e por Portugal, durante a homília da manhã deste domingo, na Praça de São Pedro, em Roma. Veja o vídeo com a mensagem do papa.

A carregar o vídeo ...
;

Os números provisórios são chocantes: 57 vítimas mortais (atualizado para 61 mortos), 59 feridos (atualizado para 135), entre os quais 5 em estado grave. Desses feridos, quatro são bombeiros e um é uma criança que teve de ser reanimada pelo INEM na altura em que foi encontrada inanimada. "Esta é seguramente a maior tragédia que temos vivido", disse o primeiro-ministro António Costa na sede da Protecção Civil, em Carnaxide. Muito provavelmente o Governo deverá decretar luto nacional. (atualizado: o Governo já decretou 3 dias de luto nacional).

Muitas das vítimas foram apanhadas pelas chamas assassinas quando se encontravam a circular pelas vias que ficaram cercadas pelo incêndio. Morreram dentro das viaturas apanhadas pelas chamas ou tentaram escapar à morte mas acabaram por sucumbir perto dos carros. Outras acabaram por morrer na sequência de inalação de fumos ou quando tentavam defender os seus bens, em particular as suas casas.

A carregar o vídeo ...
;

Portugal é um dos países da Europa mais fustigado pelos incêndios florestais, a maioria dos quais com origem criminosa. No entanto, segundo as autoridades oficiais, o incêndio de Pedrogão Grande começou devido às condições climatéricas adversas:  trovoadas secas, temperaturas muito altas e ventos contrários. Está, portanto, afastado qualquer indício de origem criminosa.

A carregar o vídeo ...
;

Mal se começou a perceber a dimensão da tragédia, o Presidente da República deslocou-se de imediato para o concelho de Pedrogão Grande para prestar a sua solidariedade e manifestar o seu pesar às famílias enlutadas. Assim, na madrugada deste domingo, Marcelo Rebelo de Sousa e, além de deixar uma "palavra de ânimo, de solidariedade, de confiança e de conforto" defendeu a actuação da Protecção Civil. "O que se fez foi o máximo que era possível fazer. Não era possível fazer mais". Realçou ainda o desempenho, a determinação e a coragem de todos os bombeiros envolvidos no combate às chamas.

A carregar o vídeo ...
;

A Autoridade de Proteção Civil Nacional já tem à disposição das populações afetadas pelos incêndios na região do Pinhal Interior (em especial em Pedrógão Grande, Figueiró dos Vinhos, Ansião e Castanheira de Pêra) equipas de apoio psicossocial direto às populações e criou, propositadamente, uma linha nacional de emergência social, com o número gratuito 144, para que vítimas e familiares possam obter informações.

A entidade que rege a Proteção Civil informou ainda este domingo que a Segurança Social já dispõe de locais onde disponibiliza apoio psicossocial direto, de emergência, às populações que dele necessitem, e deixa indicação dos locais onde as pessoas se podem dirigir para receber apoio: no campo de futebol de Avelar, na Santa Casa da Misericórdia de Castanheira de Pêra, no Pavilhão Gimnodesportivo de Figueiró dos Vinhos, nas instalações da Santa Casa da Misericórdia de Pedrógão Grande e nos Bombeiros Voluntários de Ansião.

As imagens da tragédia de Pedrógão Grande As imagens da tragédia de Pedrógão Grande As imagens da tragédia de Pedrógão Grande As imagens da tragédia de Pedrógão Grande As imagens da tragédia de Pedrógão Grande As imagens da tragédia de Pedrógão Grande As imagens da tragédia de Pedrógão Grande As imagens da tragédia de Pedrógão Grande As imagens da tragédia de Pedrógão Grande As imagens da tragédia de Pedrógão Grande As imagens da tragédia de Pedrógão Grande As imagens da tragédia de Pedrógão Grande As imagens da tragédia de Pedrógão Grande As imagens da tragédia de Pedrógão Grande As imagens da tragédia de Pedrógão Grande As imagens da tragédia de Pedrógão Grande As imagens da tragédia de Pedrógão Grande As imagens da tragédia de Pedrógão Grande
As imagens da tragédia de Pedrógão Grande

Mais notícias de Nacional

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável