Notícia

Mundo

A sensualidade de Beyoncé na pré-gala dos Grammy

A cantora norte-americana, de 36 anos, escolheu um vestido ousado para o evento, provando que é uma das mulheres mais sensuais do planeta.
28 de janeiro de 2018 às 15:13

O início do ano não traz apenas coisas novas, é também a altura em que as personalidades de Hollywood são destacadas, anualmente, pelo trabalho que realizaram ao longo do ano anterior e, como é frequente existem as grandes galas que contam com a presença das celebridades mais famosas como Jay-z, Beyoncé, Mariah Carey e Jennifer Hudson.

A gala de Pré-Grammy, sempre organizada por Clive Davis, é um desses eventos que faz as delícias dos artistas. Esta foi a 42.ª gala e aconteceu pela primeira vez em Nova Iorque, depois de 15 anos, este sábado, 24 horas antes dos Grammy, que decorrerá esta noite de domingo, 28 de janeiro.

A cantora Beyoncé arrasou na passadeira vermelha, com um sensual vestido preto que deixou à vista de todos as curvas da cantora e que a confirmam como uma das mulheres mais sexy's do mundo.

Clive Davis esforça-se sempre para realizar a melhor festa e sente a responsabilidade de se esmerar de ano para ano, disse em entrevista a ‘CBS’. Para além da presença habitual de Clive Davis como apresentador, este ano, P. Diddy também teve o papel de apresentar este evento.

Todos os anos, os nomes dos artistas que pisam o palco só são revelados na noite do evento. No entanto, este ano, foram revelados mais cedo e os convidados puderam contar com atuações de Jennifer Hudson, Gladys Knight, que fizeram as maravilhas do público com as suas vozes de grande amplitude, lembrando a voz de Whitney Houston, assim como com a surpreendente performance do rapper Logic, intérprete do tema ‘Alive’, que teve a oportunidade de pisar naquele palco pela primeira vez.

Embora fosse um evento glamoroso e de comemoração, a noite de ontem serviu também para lembrar a perda da inigualável cantora Whitney Houston que perdeu a vida em 2012 precisamente horas antes no início de mais uma gala anual. Nessa noite, que era a melhor do ano para Whitney, de acordo com declarações de Clive, a cantora não ia atuar mas, como sempre, não deixava de se sentar na plateia.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável