Notícia

Exclusivo

Afinal, bebés prematuras de Luciana Abreu já não se chamam Lamour e Lavie. Saiba porquê.

As bebés gémeas de Luciana Abreu nasceram prematuras e ainda não têm nome. A actriz revelou nas redes sociais que as filhas se chamarão Lamour e Lavie, mas esse desejo pode não passar de uma mera intenção. Descobrimos e explicamos tudo.
Por João Bénard Garcia | 28 de dezembro de 2017 às 20:51

As bebés gémeas prematuras de Luciana Abreu, que nasceram sábado, dia 23 de Dezembro, no Hospital de Cascais, estão há seis dias sem nomes ou qualquer documentação. Começaram por ser tratadas por Lamor e Lavie, tal como a FLASH! avançou em primeira mão, a verdade é que as meninas ainda não foram registadas. 

Nas incubadoras da Maternidade Alfredo da Costa, para onde as bebés foram transferidas de imediato após o nascimento, por correrem perigo de vida, as filhas da actriz e cantora não estão identificadas com os nomes próprios, apenas com o da progenitora, porque Luciana e Daniel ainda não conseguiram registar as crianças.

O casal ainda não oficializou o nascimento das crianças e os dois já manifestaram verbalmente receio de que os serviços do Instituto de Registos e Notariado (IRN) portugueses não aceitem os nomes incomuns que pretendem dar às filhas recém-nascidas, apesar de Daniel Sousa ser descendente de portugueses, mas natural de França. Entretanto, Luciana publicou, nesta quinta-feira, 28, uma mensagem nas redes sociais a dizer que as meninas "continuam a lutar" e a divulgar os novos nomes das gémeas: Amoor Viktória e Valentine Viktória

A carregar o vídeo ...

Pode ler toda a história na edição desta semana da 'TV Guia', nas bancas sexta-feira, 29, e saber ainda todos os pormenores sobre a luta pela vida que está a ser travada pelas bebés, nascidas às 29 semanas, e também como serão, ao pormenor, as próximas nove semanas de vida, prazo findo o qual deverão ficar fora de perigo.

A 'TV Guia' revela ainda, com todos os detalhes, como serão alimentadas, pesadas, aquecidas ou arrefecidas na incubadora, quando poderão começar a sugar, a engolir ou mamar.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável