Notícia

Drama

Carlos Cruz pediu para filmarem operação e faz relato impressionante do que viu

"Pedi a cassete e o leitor. E gostei de ver e ouvir a operação", garante o antigo senhor televisão.
Por João Bénard Garcia | 17 de janeiro de 2018 às 17:59
Homem da televisão, Carlos Cruz pediu para filmarem em pormenor operação a que foi submetido Em 2003, é preso na Polícia Judiciária por pedofilia na Casa Pia. Homem da televisão, Carlos Cruz pediu para filmarem em pormenor operação a que foi submetido Em 2003, quando Carlos Cruz apresenta queixa contra o Correio da Manhã, na DIAP. Em 1999, como presidente da candidatura portuguesa ao Euro 2004, numa entrevista Homem da televisão, Carlos Cruz pediu para filmarem em pormenor operação a que foi submetido 2003. Na primeira sessão do julgamento do processo Casa Pia. Em 2005. Em casa, em Cascais, a dar uma entrevista Carlos Cruz com a filha mais nova, Mariana 'Uma Vida' a sua autobiografia foi apresentada por D. Torgal Ferreira Homem da televisão, Carlos Cruz pediu para filmarem em pormenor operação a que foi submetido Carlos Cruz, em 1986 Como convidado do programa '5 para a Meia Noite' Homem da televisão, Carlos Cruz pediu para filmarem em pormenor operação a que foi submetido Em 1998 Em 1986 Ficou conhecido como o 'Senhor Televisão' Na RTP quando apresentava 1,2,3
Homem da televisão, Carlos Cruz pediu para filmarem em pormenor operação a que foi submetido

Num depoimento impressionante, Carlos Cruz relata o que sentiu ao ouvir "o som da serra eléctrica a cortar o externo longitudinalmente, o afastamento das costelas para os lados e a grande surpresa de ver que o meu coração é amarelo, é a gordura que o cobre e que faz lembrar a enxúndia de galinha", relata de forma serena.

"Vi o meu coração parar e o meu sangue a sair do corpo, ir a uma máquina e voltar contornando o coração; vi o músculo cardíaco voltar a bater a um ritmo regular; depois foi apenas coser o externo com um arame (que ainda mantenho), fechar o peito com agrafos ao longo de todo o corte. Parecia uma daquelas cenas de séries americanas, estilo 'Dr. House', 'Serviço de Urgências' ou 'Anatomia de Grey'", conta.

Estávamos em janeiro de 1994 e Carlos Cruz tinha regressado meses antes de Nova Iorque. 

Carlos Cruz 'Uma Vida' a sua autobiografia foi apresentada por D. Torgal Ferreira Carlos Cruz antes de apresentar um segmento da gala de Ruy de Carvalho Tânia Ribas de Oliveira e Carlos Cruz Carlos Cruz conta que quis gravar a sua operação para ver tudo. E confessa que gostou de ser ver por dentro. Em Zip Zip, com Fialho Gouveia e Raul Solnado Mais um sucesso, o concurso 1,2,3 Na RTP quando apresentava 1,2,3 Ficou conhecido como o 'Senhor Televisão' Como convidado do programa '5 para a Meia Noite'
A vida de Carlos Cruz em imagens

"Em 1992, foi em Nova Iorque que me surgiu o primeiro sintoma de cancro; em 1993, mesmo sem carregar sacos ou embrulhos comecei a sentir dores nos braços. Após o regresso, em Lisboa, no em janeiro de 1994, "senti-me esquisito, uma sensação difusa, como se não estivesse confortável dentro do meu corpo", descreve o ex-Senhor Televisão, nos dias antes de ter sido operado de peito aberto ao coração e de ter pedido para ser filmado durante a operação

APRESENTADOR CONFESSA QUE FUMAVA 100
CIGARROS POR DIA

Carlos Cruz sempre foi um homem frontal que encarou os seus fantasmas, excepto quando pensou na morte e no suicídio quando se isolou durante uns dias no seu monte no Alentejo. Em 1993 fumava cinco maços de tabaco quando lhe foi detectado um cancro na garganta.

Em 2005. Em casa, em Cascais, a dar uma entrevista Carlos Cruz: uma vida de excessos, com depressões, cancros e enfartes Carlos Cruz na festa de aniversário da ex-mulher, Raquel Rocheta Em 2002. Com a mulher Raquel Rocheta Carlos Cruz: uma vida de excessos, com depressões, cancros e enfartes Em 1999, como presidente da candidatura portuguesa ao Euro 2004, numa entrevista Carlos Cruz: uma vida de excessos, com depressões, cancros e enfartes Em 2008, Com Raquel Cruz, nos Globos de Ouro Em 2001. É saudado por adeptos, na chegada da delegação ao aeroporto. Carlos Cruz: uma vida de excessos, com depressões, cancros e enfartes Em 1986, mais novo Carlos Cruz: uma vida de excessos, com depressões, cancros e enfartes Carlos Cruz: uma vida de excessos, com depressões, cancros e enfartes Carlos Cruz: uma vida de excessos, com depressões, cancros e enfartes Carlos Cruz: uma vida de excessos, com depressões, cancros e enfartes Em 1986 Em 1986 Carlos Cruz, em 1986 Carlos Cruz com a filha, Mariana, de 15 anos de idade Mais um sucesso, o concurso 1,2,3 Carlos Cruz
Carlos Cruz: uma vida de excessos, com depressões, cancros e enfartes

"Sentia-me normal e, consequente e irresponsavelmente, não liguei mais ao colesterol e não deixei de fumar. Em 1993, quando me foi detectado um cancro numa corda vocal, eu fumava cinco maços (100 cigarros) por dia, levantava-me às três ou quatro da manhã para ir à bomba de gasolina comprar cigarros", confessa.

Em 1994, após a operação, voltou à rotina, mas com medo do futuro: "Uma semana depois estava em casa ao computador. E depois de uma depressão, um cancro e um princípio de enfarte, a um ritmo anual, perguntava-me o que me esperaria em 1995". Não teria a ver com saúde pessoal, mas com a falência da sua produtora, a CCA, como relata na sua biografia 'Uma Vida', da editora Albatroz, uma chancela da Porto Editora.

Na Golegã, durante a Feira de S. Martinho, a noite de festa rija Carlos Cruz na festa de aniversário da ex-mulher, Raquel Rocheta Divertida, Raquel Rocheta celebrou 43 anos Raquel com o bolo de aniversário A aniversariante num momento de grande animação Raquel Rocheta corta o bolo das 43 primaveras Carlos Cruz esteve na Golegã, a celebrar o 43.º aniversário da ex-mulher, Raquel Rocheta Carlos Cruz com a filha, Mariana, de 15 anos de idade Carlos Cruz na festa de aniversário da ex, em festa de arromba
Carlos Cruz na festa de aniversário da ex, em festa de arromba



Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável