Notícia

drama

Cristina sobrevive a grave acidente de automóvel

A apresentadora da TVI acredita em lobisomens, bruxaria, nos astros e em energias negativas e agradece ter sobrevivido a um grave e violento acidente de automóvel onde poderia ter perdido a vida.
30 de julho de 2017 às 09:17
No livro 'Sentir', que publicou no final de 2016, Cristina Ferreira confessa ter uma veia mística muito acentuada.

A apresentadora dedicou todo um capítulo às bruxas, aos rituais de magia negra em que "tropeçava" na Malveira, durante a adolescência, aos lobisomens e às pessoas com más energias.

Apesar de já não ouvir essas histórias "há muitos anos", Cristina mantém as suas crenças no oculto: "Acredito que não existe só o que a minha vista consegue alcançar. Acredito em pessoas que roubam a força aos outros e que acendem velas para tirar a luz. Tentei sempre afastar a maldade dos caminhos que percorri".

Tal como a TV Guia já noticiou, a cara da TVI agradece ter sobrevido a um violento e grave acidente de automóvel em que temeu pela vida.

...
A edição da TV Guia, de 14 de julho, onde se noticiou o drama do acidente de Cristina Ferreira e a ligação da apresentadora da TVI ao oculto, aos astros e às energias
"Aconteceu dois ou três dias a seguir à entrada em 2014. Chovia. Chovia muito. Saí de casa, como sempre, às sete da manhã. Era de noite ainda. Na estrada nunca gostei de ter pressa e, nessa manhã, como habitualmente, conduzi ao meu ritmo. Percorrera uns sete quilómetros daquela auto-estrada quando, num instante, perdi o controlo do carro", começa por contar.

A carregar o vídeo ...
;
A apresentadora fez então uma descrição pormenorizada e dramatizada do seu acidente: "Vi um camião do meu lado direito e, à minha frente, um volante que deixei de conseguir segurar. A partir daí foi o que Deus quis. O meu carro bateu no separador central e, sozinha, sem hipótese de fazer o que quer que fosse. Deixei-me ir", contou, acrescentando:

"Acabei virada em sentido contrário. Uma outra viatura embateu de lado na minha e vi luzes de outras na minha direcção. 'Pára, pára, pára!' Foi a única palavra que pronunciei enquanto voltava a segurar o volante e esperava que mais ninguém embatesse contra mim. Dez segundos. Uma eternidade".

A carregar o vídeo ...
;
Cristina diz que nunca mais esqueceu o que pensou para si própria nesse dia, assumindo ser supersticiosa: "Desce à Terra. Tu não controlas tudo na tua vida".

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável