Notícia

sofrimento

Depois de perder a mãe aos 3 meses, Ana Malhoa sofre com a morte da madrasta

"Foi uma das fases mais complicadas", assume a cantora de 38 anos.
12 de fevereiro de 2018 às 18:01
Ana Malhoa concedeu uma entrevista a Cristina Ferreira, depois de ter protagonizado uma sessão fotográfica onde surge quase irreconhecível.

No excerto partilhado pela cantora, pode ouvir-se Cristina a perguntar-lhe sobre momentos de fragilidade. Ana recorda a morte da madrasta, Rosa Malhoa, que, apesar de não ser a sua mãe biológica, a criou como tal.

A carregar o vídeo ...
"Uma das situações foi quando a minha mãe faleceu, foi uma das fases mais complicadas que eu posso ter tido ate hoje", assume.

Rosa Malhoa, a mulher de José Malhoa – o pai de Ana – morreu em 2012, aos 73 anos, de doença súbita.

Recorde-se que a mãe biológica de Ana chamava-se Angelina Lopes e morreu inesperadamente, quando a cantora tinha apenas 3 meses de vida. José Malhoa acredita que se tratou de uma morte acidental.

...
À esq: Angelina a mãe biológica de Ana Malhoa; à dir.: Rosa Malhoa, a madrasta que a criou
"Nunca ficou provado que a Angelina tenha cometido suicídio. A Polícia Judiciária investigou e chegou à conclusão de que ela tomou em excesso o Efortil, um medicamento para elevar a tensão sanguínea, e morreu por não ter sido assistida", disse o cantor numa entrevista ao portal 'Sapo'.

Angelina terá engravidado de Ana quando José já era casado com Rosa. No entanto, depois da morte de Angelina, Rosa decidiu criar a menina como sua.

Há 2 anos, Ana dedicou uma mensagem sentida a ambas, nas redes sociais. "Tive a sorte de ter duas Mães. As mulheres que fizeram de mim o que hoje sou e que iluminam o meu caminho todos os dias da minha vida", escreveu.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável