pub

Notícia

Tragédia

Dono do restaurante Aura morre atropelado por camião no Chiado

Fabrice Marescaux, conhecido gastrónomo, amigo de muitas celebridades portuguesas e um dos responsáveis pelo restaurante Aura, em Lisboa, foi atropelado brutalmente no Chiado, na manhã desta segunda-feira, 7 de agosto.
07 de agosto de 2017 às 20:59
Fabrice Marescaux, à esquerda, agora falecido com 50 anos de idade, com David Motta e o decorador Dino Gonçalves e o sócio Carlos Medeiros O empresário ainda foi assistido no local pelo INEM Gastrónomo famoso morre atropelado em Lisboa Foi este o camião que causou a tragédia João Rolo é outro dos clientes habituais do Aura, restaurante de quem Fabrice era sócio, com Carlos Medeiros. Em 2014, no terceiro aniverário do Aura, os sócios com Margarida Rua. A antiga modelo Yolanda Lobo com os anfitriões e outro amigo. À esq., o agora falecido Fabrice. Falecido em circunstâncias trágicas, atropelado por um camião, Fabrice era tido como um homem alegre. José Moutinho, conhecido relações-públicas, era outro dos clientes do Aura. Aqui, com os sócios. Fabrice, à esq., faleceu prematuramente num trágico acidente, na baixa de Lisboa. A cantora Inês Santos junto dos dois sócios do restaurante Aura. João Libério e Kikas Vale-Flor também eram clientes e amigos de Fabrice e Carlos Medeiros. O estilista Nuno Gama e a 'socialite' Lili Caneças durante a festa do 3º aniversário do restaurante, em 2014. Fabrice, Bebé Mesquita, Teresa Pinto Coelho e Carlos Medeiros, quando nada fazia prever este trágico desfecho para a vida do francês, radicado em Portugal. Fabrice Marescaux, descontraído. Era também tranquilo que caminhava, na rua do Crucifixo, na baixa lisboeta, quando foi atropelado e morto por um camião.
Gastrónomo famoso morre atropelado em Lisboa
David Motta, o decorador Dino Gonçalves, Lili Caneças, João Rolo, Yolanda Lobo ou João Libério são alguns dos clientes famosos do restaurante Aura. Fabrice Marescaux, que morreu na manhã de segunda-feira, 7, atropelado por um camião, era um dos sócios do restaurante, localizado na Praça do Comércio, em Lisboa.

Passava pouco das 11 da manhã quando Fabrice Marescaux, 50 anos de idade, caminhava descontraído pela rua do Crucifixo, na baixa lisboeta.

A rua é estreita mas permite a circulação de pesados, que ali fazem cargas e descargas. Um camião passou a baixa velocidade mas uma das alças da mochila do francês ficou presa no veículo.

O conhecido gastrónomo acabou por ser arrastado pelo veículo e atropelado.

O INEM foi chamado ao local e ainda houve a tentativa de reanimação de Marescausx, sem sucesso, tendo o óbito sido declarado no local às 11h33. 

O corpo seguiu para o Instituto de Medicina Legal, de Lisboa, ainda não se sabendo dados sobre o velório e o funeral, a que deverão comparecer diversas figuras públicas, que frequentam o restaurante Aura.

A carregar o vídeo ...
;

Mais notícias de Mundo

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável