pub

Notícia

tragédia de pedrogão grande

Duas famílias desaparecidas com crianças encontradas sem vida

Terminou da pior forma a busca por Lígia, Sérgio e os pequenos Bianca e Martim, de 4 e 2 anos. A família de Sacavém que estava desaparecida desde sábado foi encontrada sem vida, dentro do carro. Já esta terça-feira foi confirmado o óbito de outra família de Lisboa, com dois filhos de 6 anos e 4 anos.
Por Joana Canavilhas | 20 de junho de 2017 às 14:04
Família de Sacavém entre as vítimas da tragédia de Pedrógão Grande A última publicação de Lígia mostra os filhos na Praia da Roca, horas antes da tragédia Uma publicação de Lígia na véspera da tragédia Família de Sacavém entre as vítimas da tragédia de Pedrógão Grande Uma publicação de Lígia na véspera da tragédia Família de Sacavém entre as vítimas da tragédia de Pedrógão Grande Família de Sacavém entre as vítimas da tragédia de Pedrógão Grande
Família de Sacavém entre as vítimas da tragédia de Pedrógão Grande
Chegou esta segunda-feira a confirmação que muitos temiam. A família de Sacavém que estava desaparecida desde sábado – e que levou os amigos e familiares a recorrerem às redes sociais em busca de notícias – foi encontrada sem vida, dentro do carro, vítima do incêndio de Pedrógão Grande.

A publicação de um amigo de Sérgio Machado foi partilhada quase 70 mil vezes.
Lígia Sousa e Sérgio Machado estavam de férias com os filhos, Bianca, de 4 anos, e Martim, de 2, em Castanheira de Pera, em pleno epicentro da catástrofe.

Judite Sousa revolta telespectadores com reportagem junto a cadáver A jornalista viu-se envolta em polémica após aparecer enquadrada, junto a um cadáver, durante uma das reportagens no incêndio de Pedrogão Grande. Judite Sousa revolta telespectadores com reportagem junto a cadáver Judite Sousa revolta telespectadores com reportagem junto a cadáver Judite Sousa revolta telespectadores com reportagem junto a cadáver Judite Sousa revolta telespectadores com reportagem junto a cadáver Judite Sousa revolta telespectadores com reportagem junto a cadáver Judite Sousa revolta telespectadores com reportagem junto a cadáver Judite Sousa revolta telespectadores com reportagem junto a cadáver Judite Sousa revolta telespectadores com reportagem junto a cadáver Judite Sousa revolta telespectadores com reportagem junto a cadáver Judite Sousa revolta telespectadores com reportagem junto a cadáver Judite Sousa revolta telespectadores com reportagem junto a cadáver Judite Sousa revolta telespectadores com reportagem junto a cadáver Judite Sousa revolta telespectadores com reportagem junto a cadáver Judite Sousa revolta telespectadores com reportagem junto a cadáver Judite Sousa revolta telespectadores com reportagem junto a cadáver Judite Sousa revolta telespectadores com reportagem junto a cadáver Judite Sousa revolta telespectadores com reportagem junto a cadáver Judite Sousa revolta telespectadores com reportagem junto a cadáver Judite Sousa revolta telespectadores com reportagem junto a cadáver Judite Sousa revolta telespectadores com reportagem junto a cadáver Judite Sousa revolta telespectadores com reportagem junto a cadáver Judite Sousa revolta telespectadores com reportagem junto a cadáver
Judite Sousa revolta telespectadores com reportagem junto a cadáver
Na manhã de sábado, horas antes da tragédia, Lígia partilhara uma fotografia dos filhos na malograda Praia das Rocas, à saída da qual muitas vítimas mortais foram apanhadas desprevenidas:

A última publicação de Lígia mostra os filhos na Praia da Roca, horas antes da tragédia
A família de Sacavém não foi exceção. Segundo a TVI, o casal e os filhos morreram precisamente na estrada entre Castanheira de Pera e Figueiró dos Vinhos, agora conhecida como 'Estrada da Morte'.

"Infelizmente tudo se confirmou. Os meus primos e os seus meninos estão desde sábado no céu. Obrigada a todos que se preocuparam, partilharam e ajudaram em tudo o que puderam", escreveu uma familiar no Facebook.

SEGUNDA FAMÍLIA ENCONTRADA SEM VIDA

Havia outra "campanha" nas redes sociais à procura de uma outra jovem família, e que teve o mesmo desfecho trágico. Ana Mafalda Lacerda, Miguel Costa e os dois filhos do casal, António, de 6 anos, e Joaquim, de 4, foram encontrados sem vida dentro do carro.

Ana Lacerda e Miguel Costa e os filhos António, de 6 anos, e Joaquim, de 4, também foram encontrados sem vida
A família, de Lisboa, estava a passar o fim de semana na zona da Várzea, no Pedrógão Grande. O casal e 4 familiares, incluindo o pai e a madrasta de Miguel, decidiram abandonar a casa onde estavam para tentar fugir ao incêndio. A casa não foi atingida pelas chamas e as 8 pessoas acabaram por morrer durante a fuga.

CATÁSTROFE SEM PRECEDENTES

O gigantesco incêndio deflagrou ao início da tarde de sábado, dia 17, e causou, até agora, 64 mortos e 157 feridos. Algumas das vítimas mortais foram surpreendidas pelas chamas enquanto viajavam nos seus carros, na estrada entre Castanheira de Pera e Figueiró dos Vinhos, morrendo dentro ou perto das suas viaturas.

A carregar o vídeo ...
;
Outras acabaram por perecer na sequência de inalação de fumos ou quando tentavam defender os seus bens e as suas casas.

A causa do incêndio – que ainda não foi extinto – terá sido um relâmpago que atingiu uma árvore. Mais de 95% da floresta do concelho de Pedrógão ardeu, segundo o presidente da Câmara de Pedrógão Grande, Valdemar Antunes.

A carregar o vídeo ...
;
"Castanheira de Pêra tem de renascer das cinzas", afirmou o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, emocionado.

Mais notícias de Nacional

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável