pub

Notícia

Drama

Eduardo Beauté: "Entrei em pânico a temer pelo futuro dos meus filhos"

O hairstylist quebra o silêncio e explica o que mais lhe custa após o divórcio: ser pai sozinho, aos 50 anos de idade, quando esperava que o seu casamento durasse para sempre e Luís Borges, de 29 anos, garantisse o futuro dos 3 filhos do ex casal.
Por Isabel Laranjo | 03 de agosto de 2017 às 14:15
Eduardo Beauté anda a ser tratado numa clínica especializada em Psicologia e volta a sorrir. O cabeleireiro é o principal tutor dos 3 filhos que adotou quando ainda estava casado com Luís Borges: Bernardo, Lurdes e Eduardo Jr. O hairstylist está deprimido e resolveu voltar a recorrer a ajuda médica, devido ao risco de perder a tutela dos filhos. Mostrou-se desesperado, no final de junho, ao partilhar um vídeo a chorar, nas redes sociais. Eduardo Beauté e Luís Borges quando ainda eram felizes. Eduardo e o ex marido, Luís Borges, com o filho mais velho, Bernardo. O antigo casal e o menino estavam à porta da igreja de S. Mamede, em Lisboa, onde decorreu o batizado de Lurdes e Eduardo Jr., em janeiro de 2017. Eduardo Beauté sorridente com os filhos, Bernardo, Eduardo e Lurdes. O cabeleireiro faz tudo pelos 3 filhos que afirma: "São a minha luz!" Um momento feliz em família, quando o casal ainda era feliz, com os 3 filhos, Eduardo Jr., Bernardo e Lurdes. Da esquerda para a direita, Bernardo, Lurdes e Eduardo, que, segundo Eduardo, deixaram de perguntar pelo outro pai, Luís Borges. Beauté no seu salão, na Avenida da Liberdade, a mais nobre de Lisboa, onde recebe a clientela, muita desta famosa
Eduardo Beauté revela ter medo de morrer e deixar os filhos sozinhos
As lágrimas que lhe caiam, compulsivamente, rosto abaixo, deixaram os amigos em pânico. Recuperado do desespero em que se encontrava, há cerca de um mês, quando publicou um vídeo nas redes sociais em pranto, Eduardo Beauté faz, pela primeira vez, um ponto da situação em relação ao divórcio de Luís Borges. "Agora estou ótimo! E estou a ter acompanhamento, numa clínica, que me te feito muito bem", conta, ao site FLASH!

A carregar o vídeo ...
;
Eduardo Beauté, de 50 anos de idade, e Luís Borges, de 29, foram o primeiro casal homossexual, conhecido do grande público, a casar-se, em Portugal. Só que o enlace chegou ao fim, após uma crise de mais de um ano. "Fui eu que pedi o divórcio", confidencia Beauté.

O divórcio saiu em dezembro de 2016 e os 3 filhos do casal, Bernardo, de 6 anos de idade, Lurdes, de 4, e Eduardo Jr., de apenas 1 ano, ficaram aos cuidados do cabeleireiro das estrelas. "O que mais me preocupa são os meus filhos. Os meus filhos são a minha luz", confessa.

MEDO DE DEIXAR OS FILHOS SOZINHOS

Eduardo explica por que receia pelo futuro das 3 crianças. "Quando me casei nunca contei divorciar-me. Estava muito apaixonado e, para mim, era para toda a vida. Pela lógica, eu sou mais velho do que o Luís, portanto partirei primeiro. E contava com ele para tomar conta dos nossos filhos, no futuro. Entrei em pânico e a temer pelo futuro deles. Aliás, temo, mas se Deus quiser andarei cá até serem adultos e sei que haverá sempre alguém próximo deles".

O casamento, confirma agora, já estava a desfazer-se, há muito tempo. "Há quase um ano, antes de tornarmos pública a separação, que as coisas não estavam bem. Cheguei a viajar sozinho, durante uns dias, para Marrocos, porque não estava a aguentar. Marquei viagem para uma semana mas 3 dias depois regressei, não aguentei as saudades dos meus filhos".

A recuperar numa clínica especializada em Psicologia, Eduardo Beauté recorda, ainda, o que o levou a um grau de desespero tão grande como o que demonstrou, no vídeo partilhado nas redes sociais. "Vi-me sozinho, com 3 filhos e com esta ideia de que já tenho 50 anos. Cheguei a ter vários ataques de pânico. O coração começava a bater, a bater! Pensava que ia morrer! Só quem passa por isto é que pode avaliar o que eu sofri".

CRIANÇAS DEIXARAM DE PERGUNTAR POR LUÍS BORGES

O hairstylist tem uma empregada, a tempo inteiro, que o ajuda a tomar conta dos meninos. É Eduardo que leva os filhos ao colégio mas, à tarde, é a senhora que os vai buscar e passa o tempo a brincar com as crianças, enquanto o pai não chega a casa. "É muito bom, porque eles têm muito amor e atenção. Aliás, no início eles ainda perguntavam pelo pai [Luís Borges] mas agora isso raramente acontece".

O modelo, que continua a fazer carreira internacional e está, neste momento, em Paris, "visita os filhos quando vem a Portugal, mas são visitas curtas, normalmente no colégio", conclui Beauté.

A carregar o vídeo ...
;


Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável