Notícia

Nacional

Esquentador poderá estar na origem da morte da surfista Tânia Oliveira de 20 anos

A polícia está a investigar a causa da morte da atleta açoriana.
03 de janeiro de 2018 às 17:07
Surfista de 20 anos poderá ter sido intoxicada devido a uma avaria no esquentador Surfista de 20 anos poderá ter sido intoxicada devido a uma avaria no esquentador Surfista de 20 anos poderá ter sido intoxicada devido a uma avaria no esquentador Surfista de 20 anos poderá ter sido intoxicada devido a uma avaria no esquentador Surfista de 20 anos poderá ter sido intoxicada devido a uma avaria no esquentador Surfista de 20 anos poderá ter sido intoxicada devido a uma avaria no esquentador Surfista de 20 anos poderá ter sido intoxicada devido a uma avaria no esquentador Surfista de 20 anos poderá ter sido intoxicada devido a uma avaria no esquentador Surfista de 20 anos poderá ter sido intoxicada devido a uma avaria no esquentador Surfista de 20 anos poderá ter sido intoxicada devido a uma avaria no esquentador Surfista de 20 anos poderá ter sido intoxicada devido a uma avaria no esquentador Surfista de 20 anos poderá ter sido intoxicada devido a uma avaria no esquentador Surfista de 20 anos poderá ter sido intoxicada devido a uma avaria no esquentador Surfista de 20 anos poderá ter sido intoxicada devido a uma avaria no esquentador Surfista de 20 anos poderá ter sido intoxicada devido a uma avaria no esquentador
Surfista de 20 anos poderá ter sido intoxicada devido a uma avaria no esquentador
A causa da morte da surfista Tânia Oliveira está sob investigação da Polícia Judiciária, mas a principal suspeita recai num problema com o esquentador durante o momento em que a atleta tomava banho, em casa.

Tânia Oliveira, de 20 anos, morreu na segunda-feira, o primeiro dia do ano, na casa de amigos em Ponta Delgada, onde celebrava a passagem do ano.

A surfista e assistente de bordo foi encontrada inanimada na casa de banho pelo irmão. A polícia descartou imediatamente as hipóteses de suicídio e de homicídio, mas continua a apurar as circunstâncias do trágico desfecho.

Tânia Oliveira Surfista de 20 anos morre intoxicada. Tânia Oliveira tinha um futuro brilhante Surfista de 20 anos morre intoxicada. Tânia Oliveira tinha um futuro brilhante Surfista de 20 anos morre intoxicada. Tânia Oliveira tinha um futuro brilhante Surfista de 20 anos morre intoxicada. Tânia Oliveira tinha um futuro brilhante Surfista de 20 anos morre intoxicada. Tânia Oliveira tinha um futuro brilhante Surfista de 20 anos morre intoxicada. Tânia Oliveira tinha um futuro brilhante Surfista de 20 anos morre intoxicada. Tânia Oliveira tinha um futuro brilhante Surfista de 20 anos morre intoxicada. Tânia Oliveira tinha um futuro brilhante Surfista de 20 anos morre intoxicada. Tânia Oliveira tinha um futuro brilhante Surfista de 20 anos morre intoxicada. Tânia Oliveira tinha um futuro brilhante Surfista de 20 anos morre intoxicada. Tânia Oliveira tinha um futuro brilhante Surfista de 20 anos morre intoxicada. Tânia Oliveira tinha um futuro brilhante Surfista de 20 anos morre intoxicada. Tânia Oliveira tinha um futuro brilhante Surfista de 20 anos morre intoxicada. Tânia Oliveira tinha um futuro brilhante Surfista de 20 anos morre intoxicada. Tânia Oliveira tinha um futuro brilhante Surfista de 20 anos morre intoxicada. Tânia Oliveira tinha um futuro brilhante
Surfista de 20 anos morre intoxicada. Tânia Oliveira tinha um futuro brilhante

Até ao momento sabe-se que Tânia morreu devido à inalação de monóxido de carbono. As autoridades estão a apurar se terá havido alguma negligência na montagem ou manutenção do esquentador.

Tânia Oliveira era uma atleta de alta competição, chegou ao 20.º lugar na Liga MEO Surf em 2017. 

Para além do surf, Tânia praticou ginástica aeróbica durante vários anos.


Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável