Notícia

Surpresa

Estilista Miguel Vieira recorda cancro e admite: "Sempre adorei fumar"

O estilista de São João da Madeira, que chegou a fumar 2 maços por dia, garante que não toca num cigarro "há 2 meses", depois de ter feito um tratamento.
07 de fevereiro de 2018 às 11:51
Miguel Vieira deixou finalmente o vício do tabaco, 17 anos depois de lhe ter sido diagnosticado um cancro.

Em entrevista à 'Caras', o famoso estilista, de 51 anos – que já na adolescência tinha sido operado a um tumor na perna – recordou o drama da doença, que venceu depois de se submeter a "5 sessões muito violentas" de quimioterapia que o levou a pensar que não apresentaria mais nenhuma coleção de moda.

"Houve uma altura, quando adoeci, em que achei que nunca mais voltaria a apresentar outra coleção", começou por dizer o estilista. Mas nem o susto fez com que deixasse de fumar. "Uma vez disse publicamente que fumava no IPO, e quando lá voltei os médicos deram-me uma reprimenda, mas era verdade...", contou.

No entanto, recentemente, tudo mudou. Miguel Vieira, que fumava 2 maços de tabaco por dia, submeteu-se a um tratamento e não voltou a pegar num cigarro. Já lá vão 2 meses.

"Não quero com isto dizer que não volte a fumar, mas por enquanto não sinto necessidade", explicou, acrescentando: "Durante toda a minha vida nunca estive 2 dias sem fumar, por isso para mim já é uma grande vitória".

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável