Notícia

Escândalo

IURD culpa mãe biológica pela morte de “neto” do bispo Macedo

Um dos três irmãos adotados pelas filhas e herdeiras do bispo da IURD Edir Macedo morreu aos 19 anos com uma overdose . O pai adotivo contou aos fiéis uma história sobre a morte deste... que não cola com a história que a mãe biológica contou à TVI e que está a chocar o país.
Por João Bénard Garcia | 12 de dezembro de 2017 às 17:00

A história relatada na reportagem da jornalista da TVI, Alexandra Borges, e emitida na noite de segunda-feira, dia 11 de dezembro, tem novos contornos.

A Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) acusa a mãe biológica de Fábio – uma das três crianças que foram tiradas pela Justiça na década de 1990 e entregues para adoção como netos do bispo Edir Macedo – de ser a culpada pela morte, por paragem cardíaca súbita, aos 19 anos, do "herdeiro" do mentor da "igreja" mundial que teve a sua génese no Brasil.

Fábio, que depois de adotado recebeu os apelidos Barbosa Panceiro, o menino que em 1998, então com apenas dois anos, foi tirado à mãe biológica na Amadora, junto com os dois irmãos mais velhos, e entregue para adoção a dois bispos da IURD, morreu durante o sono, na noite de 27 de julho de 2015, em Los Angeles, nos EUA, vítima de overdose.

A carregar o vídeo ...
;

Dois dias depois, durante um culto da IURD em Los Angeles, foi o próprio bispo Romualdo Panceiro, marido de Márcia Barbosa, uma das filhas do bispo Edir Macedo, quem explicou aos fiéis da igreja a morte do seu único filho adotivo.

O braço-direito de Macedo contou então do púlpito uma história aos crentes que contradiz a reportagem 'Segredo dos Deuses', assinada por Alexandra Borges e Judite França na TVI.

...
Edir Macedo na IURD

"Nós adotamos o Fábio em 1998, quando ele tinha 2 anos. Ele era português e, quando tinha 6 anos, a justiça de lá determinou que ele deveria voltar para a antiga responsável por ele. Eu estava em São Paulo quando isso aconteceu. A Márcia ia visitá-lo em Los Angeles, onde ele morava, mas não tínhamos condições de continuar nessa rotina. A mãe que pegou a guarda dele dos 6 até 18 anos trabalhou a cabeça dele contra a gente, dizendo que nós é que não queríamos ficar com ele. Ela mudou de casa e perdemos o contacto com ele. Quando ele completou 18 anos, essa mãe o colocou na rua. Foi quando ele conheceu a droga e passou a dormir na rua", relatou Romualdo Panceiro, perante milhares de fiéis da IURD.

A carregar o vídeo ...
;


BISPO DIZ QUE "NETO" QUE MORREU ENCONTROU MÃE NO FACEBOOK

O bispo Romualdo descreveu, nesse culto de 29 de julho de 2015, mais detalhes de uma história com inúmeras contradições: "Em 2013, fomos transferidos para Los Angeles e, em dezembro passado [2014], ele achou a Márcia no Facebook. Ele pediu ajuda. Nós o trouxemos para cá (Los Angeles), mas mesmo aqui connosco ele teve uma overdose. Não foi fácil, já que, depois de 13 anos, o filho que havia sido entregue no 'Altar de Deus' voltou para a nós cheio de problemas".

Na reportagem que a TVI segunda-feira, dia 11 de dezembro, apresentou, a mãe biológica, numa conversa com a ama de Fábio e dos irmãos que trabalhava no lar da IURD na Amadora, disse nada saber sobre o paradeiro dos três filhos e chorou copiosamente quando soube da morte de Fábio, o seu filho mais novo.

...
Vera de Andrade e Louis Carlos de Andrade

Os irmãos mais velhos de Fábio, Louis Carlos de Andrade e Vera Andrade, reagiram dizendo ser mentira que foram adotados de forma ilegal.

"Estão dizendo que nós fomos raptados pela cúpula da Igreja Universal, mas não fomos raptados. Fomos adotados de uma forma legal, por uma família americana e vivemos até os 20 anos com essa família nos Estados Unidos", disse Louis Carlos de Andrade.



Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável