pub

Notícia

Solidariedade

Marcelo passa noite com os sem-abrigo e distribui refeições

Marcelo Rebelo de Sousa voltou às ruas de Lisboa para confortar e distribuir refeições pelos sem-abrigo, numa ação de solidariedade.
12 de novembro de 2017 às 14:53
Marcelo passa noite de S. Martinho na rua com os sem-abrigo Marcelo passa noite de S. Martinho na rua com os sem-abrigo Marcelo passa noite de S. Martinho na rua com os sem-abrigo Marcelo passa noite de S. Martinho na rua com os sem-abrigo Marcelo passa noite de S. Martinho na rua com os sem-abrigo Marcelo passa noite de S. Martinho na rua com os sem-abrigo Marcelo passa noite de S. Martinho na rua com os sem-abrigo Marcelo passa noite de S. Martinho na rua com os sem-abrigo Marcelo passa noite de S. Martinho na rua com os sem-abrigo Marcelo passa noite de S. Martinho na rua com os sem-abrigo Marcelo passa noite de S. Martinho na rua com os sem-abrigo Marcelo passa noite de S. Martinho na rua com os sem-abrigo Marcelo passa noite de S. Martinho na rua com os sem-abrigo Marcelo passa noite de S. Martinho na rua com os sem-abrigo Marcelo passa noite de S. Martinho na rua com os sem-abrigo Marcelo passa noite de S. Martinho na rua com os sem-abrigo
Marcelo passa noite de S. Martinho na rua com os sem-abrigo

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa voltou às ruas de Lisboa para dar algum conforto àqueles que nada têm. Foi na noite do dia de S. Martinho, sábado, 11, que Marcelo percorreu as artérias da capital para distribuir refeições entre os sem-abrigo, tal como já tinha feito há cerca de um ano.

Marcelo Rebelo de Sousa durante a visita ao centro de acolhimento aos sem-abrigo no Pavilhão do Casal Vistoso, em Lisboa Marcelo Rebelo de Sousa durante a visita ao centro de acolhimento aos sem-abrigo no Pavilhão do Casal Vistoso, em Lisboa Marcelo Rebelo de Sousa durante a visita ao centro de acolhimento aos sem-abrigo no Pavilhão do Casal Vistoso, em Lisboa Marcelo Rebelo de Sousa durante a visita ao centro de acolhimento aos sem-abrigo no Pavilhão do Casal Vistoso, em Lisboa Marcelo Rebelo de Sousa durante a visita ao centro de acolhimento aos sem-abrigo no Pavilhão do Casal Vistoso, em Lisboa Marcelo Rebelo de Sousa durante a visita ao centro de acolhimento aos sem-abrigo no Pavilhão do Casal Vistoso, em Lisboa
Marcelo abraça sem-abrigo em noite gelada

Antes de partir para o terreno, Marcelo calçou as luvas e pôs um avental para ajudar na confeção das refeições. Esparguete à bolonhesa, beringelas recheadas e castanhas assadas fizeram a ementa que os voluntários da CASA – Centro de Apoio aos Sem-Abrigo, em Sete Rios, Lisboa, prepararam.

O abraço fraterno do Presidente a um sem-abrigo numa das noites mais frias do ano Paulo Cunha e Filipa Fernandes, que viviam nas ruas, convidaram o Presidente para almoçar na casa onde agora moram, num bairro social de Lisboa O Presidente a distribuir afetos no Barreiro A população sem-abrigo que se resguardou no Pavilhão do Casal Vistoso, em Lisboa, recebeu a visita do Presidente no dia 18 de janeiro, uma das mais frias do ano Marcelo Rebelo de Sousa fez voluntariado nas urgências do Hospital São Francisco Xavier Marcelo Rebelo de Sousa visitou as urgências do Hospital São Francisco Xavier Marcelo Rebelo de Sousa como voluntário nas urgências do Hospital São Francisco Xavier Marcelo Rebelo de Sousa visitou 4 casas de idosos que vivem isolados na quarta-feira, 1 de fevereiro Marcelo Rebelo de Sousa à conversa com uma das idosas que visitou Marcelo Rebelo de Sousa é sensível a todas as causas sociais. Aqui, na Cova da Moura, um bairro pobre da Amadora. As crianças que sofrem de cancro e estão internadas no IPO de Lisboa também contaram com os mimos de Marcelo Fora de portas os afetos também se manifestam: em Cuba, a abraçar uma freira idosa Asa é o Pastor Alemão do Presidente. Marcelo preocupa-se com os animais e promulgou a lei que proíbe o abate de animais abandonados O bairro do Cerco, no Porto, é conhecido pela pobreza e delinquência. Os moradores receberam o Presidente em euforia.
Idosos, pobres, sem-abrigo e doentes: Porque é que Marcelo é solidário.

Da cozinha desta instituição saem mais de 460 refeições por dia. Marcelo não parou, meteu conversa com toda a gente e ajudou os voluntários que habitualmente colaboram com a CASA. Segundo a reportagem do 'Correio da Manhã', o Presidente serviu massa, recheou beringelas, e pôs a carne nos recipientes de alumínio.

Marcelo rebelo de Sousa carrega uma caixa de laranjas, sem quaisquer embaraços. O Presidente quer que todos os sem-abrigo tenham uma casa até 2023. Marcelo Rebelo de Sousa distribui comida aos sem-abrigo Marcelo Rebelo de Sousa distribui comida aos sem-abrigo Marcelo Rebelo de Sousa distribui comida aos sem-abrigo Marcelo Rebelo de Sousa distribui comida aos sem-abrigo Antes de partir para a viagem que o levou a Cabo Verde e ao Senegal esteve a distribuir alimentos, no centro de Lisboa, aos mais pobres.
Marcelo Rebelo de Sousa distribui comida aos sem-abrigo

Depois de preparar as refeições, partiu para uma cantina social localizada no Largo de Santa Bárbara. Vestiu um colete refletor, onde se lia Comunidade Vida e Paz nas costas, e carregou as caixas com as refeições.

Paulo e Filipa Fernandes, um casal de antigos sem-abrigo, ofereceram um almoço, em sua casa, ao Presidente. O Presidente a ser recebido pelo homem que foi sem-abrigo durante 26 anos O abraço fraterno a Filipa Fernandes, a mulher do antigo sem-abrigo que hoje é amigo do Presidente. Habituado, desde criança, a lidar com a pobreza, Marcelo foi abraçar os sem-abrigo numa das noites mais frias deste inverno. Marcelo Rebelo de Sousa fez voluntariado nas urgências do Hospital São Francisco Xavier Marcelo também levou afetos às crianças internadas no IPO de Lisboa. Marcelo, em mais uma ação de caráter social, num centro comercial a vender a "Agenda Solidária IPO - 2017" Os banhos de multidão são comuns e Marcelo não nega uma palavra a quem o aborda Marcelo Rebelo de Sousa é sensível a todas as causas sociais. Aqui, na Cova da Moura, um bairro pobre da Amadora. Os banhos de multidão são comuns para o Presidente. Marcelo responde sempre com beijinhos e palavras de conforto e simpatia.
Marcelo: quem é o amigo sem-abrigo do Presidente
No Jardim Constantino conversou com um homem com cerca de 80 anos, que vive na rua e está sinalizado pela Comunidade Vida e Paz.

Em Regueirão dos Anjos, Marcelo sentou-se no chão e deu as mãos a um angolano que está a viver na rua, para depois o ajudar a vestir o casaco que a Comunidade Vida e Paz lhe trouxe.

A carregar o vídeo ...
;
De seguida, voltou a sentar-se no chão para confortar um ganês, quando chega um grupo de moradores para oferecer pão e bolos, e agradecer ao Presidente da República pela coragem de vir à rua sentir a realidade dos sem-abrigo.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável