pub

Notícia

Homenagem

Maria João Bastos ainda não esqueceu cadelinha Amélie. "Ficarás para sempre no meu coração", escreveu

A atriz continua de luto, um ano depois da cadela ter morrido no seguimento de uma intervenção no Hospital Veterinário Vasco da Gama, em Lisboa.
02 de agosto de 2017 às 12:30
Maria João Bastos e a cadelinha Amélia Maria João Bastos e a cadelinha Amélia Maria João Bastos e a cadelinha Amélia Maria João Bastos e a cadelinha Amélia Maria João Bastos e a cadelinha Amélia Maria João Bastos e a cadelinha Amélia Maria João Bastos e a cadelinha Amélia
Maria João Bastos e a cadelinha Amélia
Maria João Bastos sofreu um desgosto com a morte da sua chihuahua Amélie, em abril do ano passado. A cadela, de quem a atriz era inseparável, morreu de paragem cardiorrespiratória no seguimento de uma limpeza aos dentes no Hospital Veterinário Vasco da Gama, em Lisboa.

Um ano e quatro meses depois, Maria João mostra que não se esquece nunca da sua companheira, e escreveu um texto emotivo nas redes sociais, partilhando também uma fotografia sua com a cadelinha.

...
A fotografia partilhada por Maria João Bastos
"Pensei em ti hoje com amor, mas isso não é nada de novo. Pensei em ti ontem e nos dias anteriores. Penso em ti no silêncio. Muitas vezes digo o teu nome. Agora, tudo o que tenho são as tuas fotografias", escreveu, acrescentando: "Trouxeste-me tanta felicidade, foste o meu tesouro. O amor que partilhámos vai ficar comigo para sempre. A tua memória é minha para sempre. Foste embora do meu mundo mas ficarás para sempre no meu coração".

Maria João Bastos brilha em Cannes Maria João Bastos brilha em Cannes Maria João Bastos brilha em Cannes Maria João Bastos brilha em Cannes Maria João Bastos brilha em Cannes Maria João Bastos brilha em Cannes Maria João Bastos brilha em Cannes
Maria João Bastos brilha em Cannes

Na altura, Maria João Bastos acusou publicamente o hospital veterinário de negligência."Quando me deram a Amélie, vi logo que ela estava em sofrimento, com dificuldade em respirar. Foi-me dito que era normal", relatou a atriz, acrescentando que contatou a clínica "várias vezes" e que a resposta foi sempre "para não se preocupar". Amélie acabaria por morrer nesse mesmo dia.

Maria João Bastos na passerelle do Portugal Fashion Maria João Bastos na passerelle do Portugal Fashion Maria João Bastos na passerelle do Portugal Fashion Maria João Bastos na passerelle do Portugal Fashion Maria João Bastos na passerelle do Portugal Fashion Maria João Bastos na passerelle do Portugal Fashion Maria João Bastos na passerelle do Portugal Fashion Maria João Bastos na passerelle do Portugal Fashion Maria João Bastos na passerelle do Portugal Fashion Maria João Bastos na passerelle do Portugal Fashion
Maria João Bastos na passerelle do Portugal Fashion

Em declarações ao 'Correio da Manhã', a unidade de saúde negou qualquer tipo de responsabilidade na morte da cadela e ainda declarou que ia processar Maria João Bastos por "difamação". 

"Apenas foram feitos dois telefonemas", alegou o representante do hospital veterinário lisboeta. Na primeira chamada, a atriz "apenas reportou prostração (...). Nunca foi referida dificuldade respiratória", afirmou na altura.

A unidade de saúde culpa ainda Maria João Bastos pela morte da cadela, afirmando que a atriz "sabia dos perigos que o animal corria ao submeter-se a intervenção com anestesia".

A carregar o vídeo ...
;

Mais notícias de Nacional

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável