Notícia

Polémica

Maria Vieira chama Oprah de "a maior hipócrita do ano" e volta a elogiar Trump

O presidente dos Estados Unidos não sabe mas tem em Portugal uma das suas maiores admiradoras. A atriz de 60 anos acredita que se Oprah concorrer nas eleições de 2020 Trump tem tudo para ganhar novamente.
10 de janeiro de 2018 às 19:14
Maria Vieira lançou na terça-feira, dia 9, mais uma polémica com novo elogio a Donald Trump. Nenhuma novidade até aqui. Porém, na sua mais recente publicação, a atriz chama Oprah Winfrey de "a maior hipócrita do ano", tudo por causa do discurso da apresentadora norte-americana na cerimónia dos Globos de Ouro, que decorreu no último domingo em Los Angeles.

"O discurso da Oprah Winfrey nos Golden Globes Awards está na ordem do dia e é alvo dos maiores elogios por parte dos "media" que até avançam com a hipótese da candidatura da referida senhora à presidência dos EUA!", refere Maria Vieira num texto que acompanha várias imagens da apresentadora com Harvey Weinstein, o magnata que está a ser acusado por dezenas de mulheres de assédio sexual.

"Mesmo tendo em conta as coisas acertadas que ela disse sobre as vítimas de assédio e abuso sexual, é sempre bom lembrar as ações antes das palavras e, verdade seja dita, as ações dela documentadas nestas fotos do seu passado recente não abonam muito a seu favo
r", continua Maria Vieira, afirmando que toda a comunidade de Hollywood, incluindo Oprah, sabia das histórias de assédio à volta de Weinstein.

"A Oprah proferiu esse 'bonito' discurso depois de ter sido galardoada por 'ser um exemplo a seguir por mulheres e jovens' mas, se lhe tivessem atribuído o troféu por ser 'A Maior Hipócrita do Ano', o prémio também teria sido muito bem entregue!". 

O discurso de Oprah depois de ter recebido o prémio Cecil B. DeMille, em reconhecimento do sucesso da sua carreira, levou a imprensa norte-americana a afirmar que ela devia candidatar-se à presidência dos EUA, em 2020, o que leva Maria Vieira a lançar mais umas farpas.

"Dito isto, que também é preciso dizer, eu gostaria muito que ela concorresse à presidência dos EUA, sobretudo porque com uma concorrente 'desta qualidade' o Donald Trump nem sequer precisava de fazer campanha para continuar a ser o Presidente dos EUA por mais quatro gloriosos anos!", finaliza.

A carregar o vídeo ...
;

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável