pub

Notícia

Polémica

Nova polémica: Maria Vieira defende ditadura de Salazar

"Nessa altura existia ordem, disciplina, conhecimento, justiça e liderança cognitiva", diz a atriz sobre o Antigo Regime, em mais um ataque ao Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.
29 de julho de 2017 às 13:51
Maria Vieira continua a causar polémica Maria Vieira com o marido, Fernando Rocha, com quem está junta há 31 anos Maria Vieira continua a causar polémica Maria Vieira continua a causar polémica Maria Vieira continua a causar polémica Maria Vieira continua a causar polémica Maria Vieira continua a causar polémica Maria Vieira continua a causar polémica Maria Vieira continua a causar polémica Maria Vieira continua a causar polémica Maria Vieira no filme 'A Gaiola Dourada', onde interpretou uma empregada doméstica portuguesa emigrada em Paris
Maria Vieira continua a causar polémica
Quando parecia que Maria Vieira não podia surpreender mais com as suas opiniões controversas nas redes sociais... a atriz decidiu fazer uma apologia à ditadura de António de Oliveira Salazar.

Maria Vieira voltou a atacar ferozmente o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, culpando-o das tragédias que os portugueses têm estado a passar com os incêndios florestais deste verão.

Marcelo e Constança em lágrimas ao falar de bombeiro morto Marcelo e Constança em lágrimas ao falar de bombeiro morto Marcelo Rebelo de Sousa tem-se mantido no terreno a acompanhar as operações em Pedrógão Grande Marcelo e Constança em lágrimas ao falar de bombeiro morto Marcelo e Constança em lágrimas ao falar de bombeiro morto Marcelo e Constança em lágrimas ao falar de bombeiro morto Marcelo e Constança em lágrimas ao falar de bombeiro morto Marcelo e Constança em lágrimas ao falar de bombeiro morto Marcelo e Constança em lágrimas ao falar de bombeiro morto Marcelo e Constança em lágrimas ao falar de bombeiro morto
Marcelo e Constança em lágrimas ao falar de bombeiro morto
A 'Parrachita', que é fã de Donald Trump, já tinha declarado que Marcelo "é o pior Presidente que Portugal conheceu", mas agora foi ainda mais longe.

A propósito do 'Presidente dos Afetos' ter recordado as terríveis cheias de 1967, quando falava da recente polémica sobre a contagem das vítimas dos incêndios, Maria Vieira começa por escrever:

"No tempo dessa tal 'ditadura' que evoca senhor Presidente, não aconteciam estas tragédias que agora o povo português está a passar por sua culpa e por culpa dos socialistas/comunistas que você defende com unhas e dentes vá-se lá saber porquê!".

A carregar o vídeo ...
;
Maria Vieira, que, com 60 anos de idade deverá certamente lembrar-se da pobreza e miséria social e cultural provocada por 40 anos de um regime de ditadura, escreve então:

"Nessa altura existiam casas de pedra espalhadas por todo o país com vigilantes pagos pelo Estado que protegiam as nossas florestas, existiam planos para proteger as populações das mortes que agora assolaram dezenas (senão centenas de portugueses) existia ordem, disciplina, conhecimento, justiça e liderança cognitiva", atira.

A carregar o vídeo ...
;
"Você é culpado senhor Presidente", conclui então a atriz... ou o marido, Fernando Rocha, já que muitos amigos e ex-amigos de Maria Vieira acreditam que é ele o verdadeiro autor das publicações polémicas. Uma frase em especial, escrita por lapso no masculino, quando "Maria Vieira" defendia que o aquecimento global "é uma farsa", parece suportar esta teoria. 

"Tenham em mente que desta vez é que não fui eu MESMO que disse o que este cientista aqui diz", pode ler-se numa das publicações recentes.

A carregar o vídeo ...
;

Mais notícias de Nacional

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável