Notícia

Exclusivo

Na Tailândia, Judite Sousa comenta polémica: "Era ridículo pagar 15 mil euros por um sofá"

A jornalista da TVI está na Tailândia a cobrir o processo de resgate das 13 crianças numa gruta e falou à FLASH! sobre a polémica com o milionário sofá... que afinal não existe.
Por Rui Teixeira | 06 de julho de 2018 às 17:41
Cansada da polémica à volta de uma fotografia onde aparece sentada num sofá que alegadamente poderia custar 15 mil euros, da marca Hermès, Judite Sousa entendeu que era altura de esclarecer toda a situação.

E fê-lo à FLASH!, começando por se mostar supreendida com a dimensão que todo este acaso ganhou nos últimos dias, onde acabou por ser acusada nas redes sociais de pretensiosa e de ter comportamentos ostensivos face ao nível de vida dos portugueses.

"Não esperava que uma simples fotografia acabasse por ser razão de tantos comentários e inverdades. Brinquei na legenda da publicação no Instagram, onde digo estar a descansar num Hèrmes, porque o sofá, que eu já tinha, foi forrado a laranja, a cor que é imagem dessa marca, especialmente nas malas, por uma amiga, a Rita Costa", começa por dizer Judite à FLASH!.

"A marca [Hermès] não tem nenhum sofá daqueles. Mas se fosse verdade, seria com dinheiro fruto do meu trabalho e eu, que saiba, ainda posso gastar o meu dinheiro como quiser. Mas não o fiz num sofá Hermès. Forrar o meu antigo, que é bastante confortável, a laranja, saiu-me bem mais barato e efeito é o mesmo", diz, entre sorrisos.

Depois do assunto ser tema quente nas redes sociais, Judite Sousa decidiu apagar a fotogafia da polémica, substituindo-a por outra. "Entendi que era melhor terminar tudo assim. Mostro o sofá que mandei remodelar e pronto. Não quero alimentar estas discussões frívolas, quando há coisas tão importantes a acontecer no mundo." 

Na sequência disto, a pivot da TVI apagou também a segunda foto sobre o sofá, que tinha na sua conta de instagram, na qual explicava que o mesmo havia sido "forrado", colocando assim ponto final no tema.

...
Judite Sousa e os sofás de que se fala Foto: Instagram
Esta foi a deixa para a pivot da TVI revelar, em primeira-mão, que se encontra na Tailândia, onde esta sexta-feira, no Jornal das 8, vai estar em directo no local onde estão presas 12 crianças e um adulto, numa gruta, há quase 15 dias.

"Senti que as pessoas querem saber mais sobre esta missão de resgate, e nornalmente não me engano nestes feelings, e entendi que o tinha de estar presente no local. Aqui é onde acontece a ação e onde eu me sinto melhor a trabalhar, em reportagem, nos grandes momentos da história", disse à FLASH!


Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável