Notícia

Nacional

Pedro Granger vive relação homossexual e quer adotar um filho

"Já não há preconceito", diz Pedro Granger, que vai viver uma intensa relação amorosa com Gonçalo Diniz na próxima telenovela da TVI : o casal quer mesmo adotar uma criança.
Por Isabel Laranjo | 10 de junho de 2017 às 15:03
No dia em que completou 38 anos de idade, quinta-feira, 8 de junho, Pedro Granger recebeu "um grande presente, que é este papel, que a Maria João Mira escreveu, de propósito, para mim", contou o ator a FLASH!.

Pedro Granger será o advogado Dinis Videira, um homem de origens humildes e que luta por causas nobres. O marido é Manuel Araújo, personagem entregue a Gonçalo Diniz, de 45 anos de idade, que será um homem muito cobiçado pelas mulheres de Viana do Castelo, um dos locais onde a novela 'A Herdeira' será gravada.

Enquanto a homossexualidade, acredita Pedro Granger, já não levanta preconceitos, sobretudo "junto das pessoas mais novas", o mesmo não acontece com a adoção de crianças por casais homossexuais. 

O FILHO DA DISCÓRDIA

Neste caso, a autora do guião, Maria João Mira, quis dar um passo em frente e os dois homens, casados e assumidos há vários anos, querem um filho biológico, usando o sémen de um deles e recorrendo a uma barriga de aluguer.

Pedro Granger assume que esse será o maior debate que a sua personagem poderá provocar. "É importante falar sobre isto, porque uma criança precisa é de amor. Há tantas famílias tradicionais que são disfuncionais. Há crianças só com mãe; outras só com pai; outras sem ninguém. Por isso, é preciso transformar mentalidades".

A autora confidenciou ao site FLASH! que Dinis e Manuel "vão conseguir" o que pretendem apesar de o recurso a barrigas de aluguer não ser permitido, em Portugal. No nosso país, apenas se admite a maternidade de substituição sem qualquer pagamento e no caso de a mulher não poder conceber. Maria João Mira encolhe os ombros: "Fazem-se tantas coisas que não se podem fazer".

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!
Anónimo 10.06.2017

Mais uma vitima dos colegas de escola que vão gozar o miúdo até não mais dar... mais tarde vão passar a factura da humilhação sofrida.

Anónimo 10.06.2017

Nao ha novela ou seria em Portugal nos ultimos tempos que nao tenha um casal de gays, e nao se pode dizer paneleiros senao o lobby gay cai em cima do escriba e ... por enquanto ainda nao, mas daqui a uns anos quem escrever essa palavra apanha uns anos de cadeia. O que é preciso fazer para emigrar ?


Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável