Notícia

Exclusivo

REVOLTADA: Alexandra Borges pede justiça para as vítimas da IURD

A jornalista da TVI que durante 7 meses investigou as adoções ilegais da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) já não consegue calar a revolta que sente em relação à falta de justiça para com as mães que ficaram sem os seus filhos. "A Casa Pia também era passado e fez-se presente".
18 de dezembro de 2017 às 09:42
Jornalista da TVI revoltada com silêncio das autoridades Jornalista da TVI revoltada com silêncio das autoridades Jornalista da TVI revoltada com silêncio das autoridades Jornalista da TVI revoltada com silêncio das autoridades Jornalista da TVI revoltada com silêncio das autoridades Jornalista da TVI revoltada com silêncio das autoridades
Jornalista da TVI revoltada com silêncio das autoridades
'O Segredo dos Deuses' é uma reportagem da TVI que denuncia uma rede de adopções ilegais levada a cabo pelos responsáveis da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD). Corriam os anos 90 quando muitas crianças desapareceram do lar da IURD, em Portugal, sem a autorização e o conhecimento dos pais biológicos. Muitos desses meninos foram levados para o estrangeiro e o seu rasto perdeu-se no tempo e na distância.
Ana Leal garante que vai manter a sua postura, sem medo de represálias ou pressões. Alexandra Borges e Ana Leal são jornalistas há cerca de 30 anos e têm cimentado a amizade na TVI. A reportagem sobre o escândalo Raríssimas mexeu com poderes instituídos e levou à demissão do secretário de estado da Saúde. A reportagem sobre os meninos adotados ilegalmente por membros da IURD levou a TVI a pedir protecção policial junto à porta da empresa. Alexandra Borges garante não ter receios nem nada contra a IURD. O bispo Edir Macedo, líder da IURD, nunca respondeu ao apelo das jornalistas para dar a sua versão dos acontecimentos. Ana Leal foi apelidada de
Ana Leal e Alexandra Borges: as jornalistas sem medo
As jornalistas responsáveis por esta investigação, Alexandra Borges e Judite França, descobriram o paradeiro de algumas dessas crianças e denunciam como tudo foi feito.

Contudo, e apesar de toda a revolta que este trabalho de investigação provocou na sociedade portuguesa [e até no Brasil, onde o trabalho está a ter um eco mediático muito grande], ainda nada se sabe sobre uma possível abertura do processo para apurar culpas e levar a tribunal os responsáveis pelos crimes. 
Alexandra Borges, junto com Judite França, foram as jornalistas que revelaram o escãndalo da Alexandra Borges e Luís Almeida Alexandre Borges com os filhos gémeos, Tomás e Vicente
Alexandra Borges separada
Perante o silêncio das autoridades, a jornalista Alexandra Borges partilhou hoje, 18 de dezembro um post, na sua página de Facebook com a seguinte mensagem: "Estou farta do silêncio. Exijo justiça para as mães vítimas da IURD".
...
Contactada pela FLASH!, a conhecida jornalista foi peremptória: "Não aguento mais este silêncio ensurdecedor que não pode ser justificado por ser um caso com 20 anos. A Casa Pia, à época, também tinha 20 anos e tornou-se presente quando as pessoas quiseram. Exijo justiça". 

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável