Notícia

Exclusivo

REVOLTADA: Alexandra Borges pede justiça para as vítimas da IURD

A jornalista da TVI que durante 7 meses investigou as adoções ilegais da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) já não consegue calar a revolta que sente em relação à falta de justiça para com as mães que ficaram sem os seus filhos. "A Casa Pia também era passado e fez-se presente".
18 de dezembro de 2017 às 09:42
'O Segredo dos Deuses' é uma reportagem da TVI que denuncia uma rede de adopções ilegais levada a cabo pelos responsáveis da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD). Corriam os anos 90 quando muitas crianças desapareceram do lar da IURD, em Portugal, sem a autorização e o conhecimento dos pais biológicos. Muitos desses meninos foram levados para o estrangeiro e o seu rasto perdeu-se no tempo e na distância.
As jornalistas responsáveis por esta investigação, Alexandra Borges e Judite França, descobriram o paradeiro de algumas dessas crianças e denunciam como tudo foi feito.

Contudo, e apesar de toda a revolta que este trabalho de investigação provocou na sociedade portuguesa [e até no Brasil, onde o trabalho está a ter um eco mediático muito grande], ainda nada se sabe sobre uma possível abertura do processo para apurar culpas e levar a tribunal os responsáveis pelos crimes. 
Perante o silêncio das autoridades, a jornalista Alexandra Borges partilhou hoje, 18 de dezembro um post, na sua página de Facebook com a seguinte mensagem: "Estou farta do silêncio. Exijo justiça para as mães vítimas da IURD".
...
Contactada pela FLASH!, a conhecida jornalista foi peremptória: "Não aguento mais este silêncio ensurdecedor que não pode ser justificado por ser um caso com 20 anos. A Casa Pia, à época, também tinha 20 anos e tornou-se presente quando as pessoas quiseram. Exijo justiça". 

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável