Notícia

Nacional

Ronaldo entrou "às escondidas" no tribunal em Madrid e não vai ajudar a justiça

O craque, que é acusado de dever 14,7 milhões de euros ao fisco espanhol, entrou diretamente pela garagem, de carro, evitando assim enfrentar a comunicação social. A imprensa espanhola avança que CR7 vai declarar-se inocente e não irá ajudar nas investigações.
31 de julho de 2017 às 10:24
...
Ronaldo entrou "às escondidas" no tribunal em Madrid e não vai ajudar a justiça
Cristiano Ronaldo acaba de chegar ao tribunal de primeira instância de Pozuelo de Alarcón, nos arredores de Madrid, onde será ouvido pela juíza Mónica Gomez. O craque, de 32 anos, é acusado de dever 14,7 milhões de euros ao fisco espanhol, de rendimentos provenientes de direitos de imagem.

A carregar o vídeo ...
;
Ronaldo entrou diretamente pela garagem, de carro, evitando assim enfrentar a comunicação social: os cerca de 125 jornalistas de vários países que se encontram no exterior do tribunal.

No entanto, CR7 anunciou que irá falar à comunicação social no final da audiência. Minutos depois de Ronaldo entrar, chegou também o seu melhor amigo, Ricardo Regufe.

Horas antes, Ronaldo fizera questão de mostrar aos seus seguidores das redes sociais que se mantém tranquilo com a situação. O craque partilhou um vídeo a embarcar para Madrid, com os amigos de sempre, José Semedo e Miguel Paixão:

A carregar o vídeo ...
;
MANTÉM INOCÊNCIA

Cristiano Ronaldo foi formalmente acusado de fraude fiscal pela Autoridade Tributária espanhola no passado mês de junho. Os quatro delitos em causa terão sido cometidos entre 2011 e 2014 e envolvem uma quantia de 14,7 milhões de euros – rendimentos provenientes de direitos de imagem.

Já em julho, o iate que CR7 alugou em Ibiza foi abordado por cinco agentes armados, do serviço de fronteiras das Finanças espanholas, que fizeram questão de humilhar o craque em plenas férias e revistar o barco.

A carregar o vídeo ...
;
 Ronaldo tem uma fortuna avaliada em 300 milhões de euros. Pagar os 14,7 milhões de euros e ainda, se necessário, uma multa de 28 milhões de euros –o que perfaz um total de 42,7 milhões de euros – não será difícil.

O pior é mesmo a possibilidade de pena de prisão efetiva que, no seu caso, está prevista que seja de um minímo de... 7 anos. 

Uma ameaça real que nem assim faz com que Cristiano Ronaldo aceite colaborar com a investigação, segundo avança a imprensa espanhola.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável