Notícia

Homenagem

Saiba tudo o que José Mourinho fez para salvar o pai

Foi um drama para Mou que começou a 28 de abril de 2015 e só terminou agora, com a morte do pai. O 'Special One' chegou a trazer dois enfermeiros e um ventilador topo de gama pelos quais pagava 10 mil euros por mês.
Por João Bénard Garcia | 27 de junho de 2017 às 21:58

Foram mais de dois anos de sofrimento para José Mourinho. O 'Special One' andou com o coração nas mãos desde que, a 28 de abril de 2015 o pai, José Mourinho Félix, de 79 anos de idade, deu entrada no hospital da Luz, em Lisboa, onde foi operado a um aneurisma no cérebro. Dias depois, no mesmo hospital da capital, o pai do agora treinador do Manchester United volta a dar entrada nos cuidados intensivos com um pico de tensão arterial elevado que fez a família temer o pior.

Sobreviveu, mas, dias depois, a 27 de junho, a saúde do ex-guarda-redes do Belenenses e do Vitória de Setúbal volta a agravar-se. Desta vez, foram os pulmões que traíram o pai do 'Special One'. Uma grave infeção pulmonar fê-lo dar entrada nas urgências do hospital de São Bernardo, em Setúbal, com um quadro clínico bastante complicado. Quando os médicos do hospital sadino perceberam que não tinham meios para salvar o pai de Mou, decidiram transferi-lo para o hospital de São José, na capital.

Apercebendo-se do verdadeiro risco que o pai corria, Matilde e José Mourinho viajam de jato privado de Londres para Lisboa e é então que o então 'mister' do Chelsea percebe que, para salvar o pai, terá de tomar medidas radicais.

A carregar o vídeo ...
;

No mesmo avião particular viajaram dois enfermeiros ingleses especializados em doenças pulmonares e uma máquina-ventilador topo de gama para ajudar o pai a respirar.

ACOMPANHADOS EM CASA POR UM ENFERMEIRO

José Mourinho Félix volta a escapar com vida, mas nunca mais ficou sozinho em casa com Maria Júlia, a companheira de uma vida. Numa primeira fase, José Mourinho chegou a pagar 10 mil euros mensais pelos dois enfermeiros e pelo aluguer da máquina-ventilador, mas, à medida que o pai foi melhorando, apenas um enfermeiro ficou em permanência no modesto apartamento do casal Júlia e José Mourinho Félix em Setúbal.

A carregar o vídeo ...
;
No verão de 2016, depois de vários meses sem complicações, o pai de José Mourinho volta a ser hospitalizado com nova complicação pulmonar. Em julho desse ano deixa de se conseguir alimentar sozinho, passa a ser alimentado por uma sonda, mas será em outubro de 2016 que o seu estado de saúde se voltou a agravar, passando a andar na rua numa cadeira de rodas. Durante todos estes meses, José Mourinho, e a mulher, Matilde, fizeram várias viagens para Setúbal a fim de acompanhar o pai. A última foi no domingo, dia 25, mas para se despedirem o ídolo do 'Special One' e acompanhá-lo à sua última morada.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável