pub

Notícia

Polémica

Telemóvel caça Juan Carlos com amante em escapadinha na Irlanda

Fugiu de Palma de Maiorca assim que a família real levantou voo para passar férias lá. Refugiou-se em segredo na Irlanda com a amante, Marta Gayá, mas era tão secreto que a escapadinha foi gravada por um telemóvel indiscreto numa cerimónia oficial.
Por João Bénard Garcia | 09 de agosto de 2017 às 13:48
Telemóvel caça Juan Carlos com amante em escapadinha na irlanda Juan carlos, o rei emérito de Espanha Telemóvel caça Juan Carlos com amante em escapadinha na irlanda Juan Carlos e a amante Marta Gayá Telemóvel caça Juan Carlos com amante em escapadinha na irlanda Juan Carlos, antes de abdicar do trono Telemóvel caça Juan Carlos com amante em escapadinha na irlanda Telemóvel caça Juan Carlos com amante em escapadinha na irlanda Os reis Juan Carlos e Sofia Rei João Carlos e Rainha Sofia Telemóvel caça Juan Carlos com amante em escapadinha na irlanda A coroação de Juan Carlos como rei de Espanha Telemóvel caça Juan Carlos com amante em escapadinha na irlanda As três mais acarinhadas figuras da realeza espanhola, Juan Carlos, Sofia e o atual rei, Felipe VI Telemóvel caça Juan Carlos com amante em escapadinha na irlanda Telemóvel caça Juan Carlos com amante em escapadinha na irlanda Telemóvel caça Juan Carlos com amante em escapadinha na irlanda Telemóvel caça Juan Carlos com amante em escapadinha na irlanda Telemóvel caça Juan Carlos com amante em escapadinha na irlanda
Telemóvel caça Juan Carlos com amante em escapadinha na irlanda

Assim que a família real espanhola começou a assentar arraiais no palácio de Marivent, em Palma de Maiorca, nas ilhas Baleares, o rei emérito Juan Carlos I, de 79 anos de idade, escapou-se com um grupo de amigos e foi fazer umas férias privadas, primeiro na Irlanda e agora em Saint Tropez, na Côte D’Azur, no sul de França. Só que o monarca espanhol não se limitou a viajar com um grupo de amigos íntimos e levou também a sua eterna amante, a milionária Marta Gayá, de 68 anos.

Descobrimos a nova amante do rei Juan Carlos, chamam-lhe 'La negra' Juan carlos, o rei emérito de Espanha Descobrimos a nova amante do rei Juan Carlos, chamam-lhe 'La negra' Descobrimos a nova amante do rei Juan Carlos, chamam-lhe 'La negra' Cada vez mais distantes, reis voltam a reencontrar-se em eventos reais. Os reis eméritos, Juan Carlos e D. Sofia estão casados há 55 anos Descobrimos a nova amante do rei Juan Carlos, chamam-lhe 'La negra' Descobrimos a nova amante do rei Juan Carlos, chamam-lhe 'La negra' Descobrimos a nova amante do rei Juan Carlos, chamam-lhe 'La negra' Juan Carlos, antes de abdicar do trono Rei João Carlos e Rainha Sofia O livro do historiador José Maria Zavala A alemã Corinna zu Sayn-Wittgenstein com quem manteve uma relação desde 2004 e durante anos foi uma das causas porque Juan carlos renunciou ao trono, em 2014. Corinna chegou a acompanhar o rei em viagens oficiais. Na foto de branco, atrás de Juan Carlos Descobrimos a nova amante do rei Juan Carlos, chamam-lhe 'La negra' Descobrimos a nova amante do rei Juan Carlos, chamam-lhe 'La negra' Juan Carlos e Corinna num evento. O rei nunca dispensava a companhia desta "amiga especial" e ela chegou a viver junto do palácio. Ainda assim, nunca foi assumida uma relação, o que acontece agora com Marta Gayá Rei Juan Carlos e Rainha Sofia Felipe VI sucedeu ao pai, o rei Juan Carlos. O rei emérito ficou zangado com o filho por não ter sido convidado para as comemorações dos 40 anos das primeiras eleições democráticas, em Espanha Os reis Juan Carlos e Sofia Juan Carlos, Sofia e os três filhos, na juventude. Ao colo de Sofía está Felipe, o atual monarca espanhol A coroação de Juan Carlos como rei de Espanha Juan Carlos com o general Franco As três mais acarinhadas figuras da realeza espanhola, Juan Carlos, Sofia e o atual rei, Felipe VI Juan Carlos foi o homem da transição do regime franquista para a democracia. Reinou entre 22 de novembro de 1975, antes da queda do regime de Franco, e deu o lugar ao filho, Felipe VI, em novembro de 2014
Descobrimos a nova amante do rei Juan Carlos, chamam-lhe 'La negra'

O rei, a namorada e os amigos mais íntimos partiram para 'ilha verde' a 26 de julho e tudo corria bem nesta escapadinha mantida no maior dos segredos, claro, até que Juan Carlos I, a convite do amigo e magnata da banca Allen Jesús Sanginés-Krause, seu anfitrião, decidiu participar no ato oficial de inauguração de uma igreja, na cidade de Clonmel, que foi renovada e transformada em galeria de arte. E foi sozinho? Não, levou a amante – como os espanhóis lhe chamam –, "la negra" ou "a mulher do bronzeado eterno", devido à sua tez morena.

E foi no momento em que o banqueiro de origem mexicana, Allen Jesús Sanginés-Krause, prestava homenagem pública ao amigo Juan Carlos que convidou para o evento que alguém caça numa filmagem Juan Carlos I e a amante mesmo a seu lado, ambos vestidos com o mesmo tom de azul, a fazer 'pendant'.

A alemã Corinna zu Sayn-Wittgenstein com quem manteve uma relação desde 2004 e durante anos foi uma das causas porque Juan carlos renunciou ao trono, em 2014. Corinna chegou a acompanhar o rei em viagens oficiais. Na foto de branco, atrás de Juan Carlos SAra Montiel, a famosa artista espanhola é apontada como uma das apaixonadas do rei, no livro da escritora Pilar Eyre Juan Carlos e Corinna num evento. O rei nunca dispensava a companhia desta "amiga especial" e ela chegou a viver junto do palácio. Ainda assim, nunca foi assumida uma relação, o que acontece agora com Marta Gayá Maria Gabriela de Sabóia foi a primeira paixão do Rei Juan Carlos quando ainda vivia no Estoril e supostamente, mais tarde, sua amante Olghina di Robilant era uma bela italiana com quem Juan Carlos viveu um tórrido romance no Estoril. Especula-se que os dois terão tido uma filha, mas a condessa italiana sempre desmentiu a paternidade do rei. E nunca revelou quem é na verdade o pai da sua filha. Na foto, Olghina no Estoril onde em jovem passava férias Barbara Rey, a amante de Juan Carlos, nos tempos em que era atriz e um dos sex symbol de Espanha
As amantes do Rei Juan Carlos

Marta Gayá apercebe-se que terá sido apanha pela câmara de um telemóvel e afasta-se de Juan Carlos I e das cerca de 100 pessoas que assistiam à inauguração. A mulher do bronzeado eterno, segundo revela o jornal espanhol 'esdiario' não aparece em nenhuma fotografia oficial tirada durante e no final da inauguração da nova galeria de arte, no espaço que outrora fora da igreja de São João Batista, nesta cidade que fica a 80 quilómetros a sul da capital irlandesa, Dudlin.

Até agora, ao longo dos 35 anos que têm de relacionamento amoroso proibido, o rei emérito e a sua amante favorita sempre foram um casal discreto e nunca apareceram junto em cerimónias, sejam públicas ou privadas.

A coroação de Juan Carlos como rei de Espanha Cada vez mais distantes, reis voltam a reencontrar-se em eventos reais. Os reis eméritos, Juan Carlos e D. Sofia estão casados há 55 anos Juan carlos, o rei emérito de Espanha Juan Carlos, Sofia e os três filhos, na juventude. Ao colo de Sofía está Felipe, o atual monarca espanhol Rei João Carlos e Rainha Sofia Rei Juan Carlos e Rainha Sofia Juan Carlos e Corinna num evento. O rei nunca dispensava a companhia desta "amiga especial" e ela chegou a viver junto do palácio. Ainda assim, nunca foi assumida uma relação, o que acontece agora com Marta Gayá Juan Carlos com o general Franco As três mais acarinhadas figuras da realeza espanhola, Juan Carlos, Sofia e o atual rei, Felipe VI Juan Carlos quando subiu ao trono Felipe VI sucedeu ao pai, o rei Juan Carlos. O rei emérito ficou zangado com o filho por não ter sido convidado para as comemorações dos 40 anos das primeiras eleições democráticas, em Espanha Os reis Juan Carlos e Sofia Juan Carlos, antes de abdicar do trono O rei e a apresentadora Barbara Rey foram amantes durante muitos anos e ela alegadamente terá cobrado pelo seu silêncio Juan Carlos em criança com o pai, Dom Juan Os reis Juan Carlos e Sofia só estão juntos quanto o protocolo real o obriga, fazendo há vários anos vidas separadas A Rainha Sofia sempre soube das traições de Juan Carlos Juan Carlos, o rei emérito de Espanha Juan Carlos tinha tanto apetite sexual que teve 5 mil amantes Juan Carlos foi o homem da transição do regime franquista para a democracia. Reinou entre 22 de novembro de 1975, antes da queda do regime de Franco, e deu o lugar ao filho, Felipe VI, em novembro de 2014
Juan Carlos tinha tanto apetite sexual que teve 5 mil amantes

A aparição juntos na Irlanda foi mais um tabu que Juan Carlos I quebrou, quando já não governa Espanha, está prestes a celebrar 80 anos de vida e a poucos dias de voltar a estar nas bocas do mundo devido à publicação do livro 'Juan Carlos I. O rei das cinco mil amantes', para o monarca uma obra maldita, da autoria do coronel aposentado Amadeo Martinez.

Mais notícias de Nacional

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável