Notícia

Escândalo

Presidente da Raríssimas altera nome para ser "chique"

Paula Costa era o nome com que se apresentava antes de ter fundado a Raríssimas, em 2002. Cresceu com a associação, exigia que lhe chamassem "doutora" e até trocou o apelido para ser associada à alta sociedade.
Por Isabel Laranjo | 14 de dezembro de 2017 às 12:59
...
Presidente da Raríssimas altera nome para ser "chique"
Paula Cristina de Brito Cardoso nasceu no dia 13 de outubro de 1966. Filha de uma doméstica e de um fuzileiro, natural de Loures, casou-se com 20 anos. 

O marido, Nelson de Oliveira Costa, que chegou a ser porteiro de uma casa de strip, é 12 anos mais velho e tem dois filhos de uma anterior relação.

Paula Brito e Costa, presidente da Raríssimas. Quem é Paula Brito e Costa, a presidente da Raríssimas? Um abraço entre Paula Brito e Costa e a antiga primeira-dama, Maria Cavaco Silva. O antigo Diretor-Geral de Saúde, Francisco George, com Paula Brito e Costa, agora acusada de se ter apropriado de dinheiros da associação Raríssimas. Um discurso de apoio de Maria Cavaco Silva à Associação Raríssimas. Paula Brito e Costa teve o primeiro filho com 21 anos. Marco nasceu com Síndroma de Cornelia de Lange, uma doença raríssima. Paula Brito e Costa com a rainha Letízia de Espanha e Maria Cavaco Silva, durante uma visita de Letízia a Portugal. A presidente da Raríssimas durante uma palestra, com a rainha espanhola e a antiga primeira dama Maria Cavaco Silva, na Gulbenkian. O ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Vieira da Silva, e o ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, numa visita à Raríssimas. Paula Brito e Costa no intervalo de um debate sobre doenças raras. Vieira da Silva descerra a lápide com o seu nome, na sede da Associação Raríssimas. O ministro da Saúde e o Ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social na Casa dos Marcos. A Casa dos Marcos, que acolhe cidadãos com doenças raras em várias valências, na Moita. Maria Cavaco Silva sempre apoiou a causa de Paula Brito e Costa. A inauguração da Casa dos Marcos, em 2005. A presidente da Raríssimas, em 2009, durante uma entrevista para o Correio da Manhã. Paula Brito e Costa, diretora da Raríssimas
Quem é Paula Brito e Costa, a presidente da Raríssimas?

Do enlace com Nelson de Oliveira Costa nasceram dois filhos. Marco, o primogénito, portador da rara síndrome de Cornelia de Lange, e César, descrito pela mãe como "o herdeiro da parada". 

Ao casar-se com Nelson de Oliveira Costa, no dia 4 de setembro de 1986, passou a usar o apelido do marido. No seu registo civil consta como, a partir de então, Paula Cristina de Brito Cardoso da Costa. Entretanto, com a crescente notabilidade, e apesar de estar registada na Associação Raríssimas em concordância com o registo, passou a usar o nome Paula Brito "e" Costa.

DO QUIOSQUE AO PODER

A mulher simples, que vendia jornais, tabaco e lotarias num quiosque das Avenidas Novas, em Lisboa, foi assumindo uma nova personagem. Passou a querer ser tratada como uma senhora da Alta Sociedade e, segundo vários colaboradores da Raríssimas, obrigava-os a levantar aquando da sua passagem.

Paula Brito e Costa com a rainha Letízia de Espanha e Maria Cavaco Silva, durante uma visita de Letízia a Portugal. Presidente da Raríssimas comprava marcas de luxo Presidente da Raríssimas comprava marcas de luxo Maria Cavaco Silva sempre apoiou a causa de Paula Brito e Costa. Vieira da Silva descerra a lápide com o seu nome, na sede da Associação Raríssimas. Paula Brito e Costa, presidente da Raríssimas. A presidente da Raríssimas, em 2009, durante uma entrevista para o Correio da Manhã. O ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Vieira da Silva, e o ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, numa visita à Raríssimas. A presidente da Raríssimas durante uma palestra, com a rainha espanhola e a antiga primeira dama Maria Cavaco Silva, na Gulbenkian. Presidente da Raríssimas comprava marcas de luxo Presidente da Raríssimas comprava marcas de luxo Presidente da Raríssimas comprava marcas de luxo Presidente da Raríssimas comprava marcas de luxo Presidente da Raríssimas comprava marcas de luxo Presidente da Raríssimas comprava marcas de luxo Presidente da Raríssimas comprava marcas de luxo
Presidente da Raríssimas comprava marcas de luxo
Além de ter alterado o apelido, passar a usar um carro de alta cilindrada, roupas e acessórios caros, a sua pose alterou-se. "Via demasiados luxos, desde os vestidos, aos sapatos e malas de marca, passando pelo carro", explicou, ao 'Correio da Manhã,' Fátima Sousa, antiga funcionária.

O próprio tratamento que exigia, "doutora", é disto simbólico. Porém, a agora ex diretora da Raríssimas nem sequer é licenciada, tendo apenas frequência universitária em Filosofia. 

Até Letizia visitou Casa dos Marcos da Raríssimas Até Letizia visitou Casa dos Marcos da Raríssimas Até Letizia visitou Casa dos Marcos da Raríssimas Até Letizia visitou Casa dos Marcos da Raríssimas Até Letizia visitou Casa dos Marcos da Raríssimas Até Letizia visitou Casa dos Marcos da Raríssimas Até Letizia visitou Casa dos Marcos da Raríssimas Até Letizia visitou Casa dos Marcos da Raríssimas Até Letizia visitou Casa dos Marcos da Raríssimas Até Letizia visitou Casa dos Marcos da Raríssimas
Até Letizia visitou Casa dos Marcos da Raríssimas



Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável