C-Studio

C-Studio i

Ser um promotor do bem é uma escolha responsável

Transformar escolhas socialmente responsáveis em ações de solidariedade é o objetivo da campanha Promoção do Bem do Lidl
18 de dezembro de 2017 às 07:00
Ser um promotor do bem é uma escolha responsável

O trabalho das instituições de solidariedade social nem sempre é fácil. As dificuldades são grandes e os imponderáveis financeiros e de outros recursos são muitos. Consciente destes problemas, o Lidl continua apostado em promover o bem e, desta forma, a ajudar estas instituições a fazer o seu trabalho de forma mais eficiente e eficaz, mobilizando clientes, colaboradores e personalidades de várias áreas sociais para uma corrente de entreajuda que coloca as necessidades de quem mais precisa sob os flashes da solidariedade.

Há iniciativas de solidariedade que marcam a diferença e esta marca-a porque o consumidor não é chamado a contribuir de forma monetária, mas envolvendo-se, através de uma escolha responsável.

Na segunda edição da Promoção do Bem, que está a decorrer em todas as lojas Lidl do país, os clientes são convidados VIP numa campanha nacional que se materializa em ajudas concretas a Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS), que atuam ao nível da reinserção social, inclusão social de deficientes, apoio à criança, combate à solidão e combate à fome.

O arranque oficial da campanha Promoção do Bem foi a 23 de novembro, num evento que contou com a participação de dezenas de voluntários anónimos e famosos que se juntaram à iniciativa. Durante este evento de lançamento, o Lidl organizou uma fábrica do bem que colocou todos a trabalhar por esta causa, construindo cabazes solidários que foram doados às cinco IPSS beneficiárias da segunda edição da Promoção do Bem. Alda Gomes, Rui Santos, Dina Félix da Costa, Miguel Melo, Joana Cruz, Nuno Janeiro, Sofia Nicholson, Susana Arrais, Eunice Muñoz, Lídia Muñoz, Maria Botelho Moniz, Miguel Costa, Úrsula Corona, Adriano Toloza e Hélder Reis foram alguns dos notáveis que puseram mãos à obra por esta causa e ajudaram a preparar os 250 cabazes de ajuda.

A escolha das instituições a apoiar nesta segunda edição da Promoção do Bem esteve a cargo dos colaboradores do Lidl, que selecionaram o CASA (Norte), a APPACDM (oeste), as Aldeias de Crianças SOS (Lisboa e Vale do Tejo), a Cruz Vermelha Portuguesa (Alentejo), e a Re-food (Algarve).

Com palcos de atuação diversos e necessidades variadas, estas instituições irão receber 50% do valor da venda de um produto selecionado por semana, e em promoção, durante quatro semanas, até 24 de dezembro.

Cada cliente, ao escolher comprar no Lidl um destes artigos em destaque, identificado com a sinalética da Promoção do Bem, já está a contribuir para ajudar o próximo. O cliente é assim convidado a participar através da compra de um produto que muito provavelmente já iria obter nas compras habituais.


Para que a iniciativa seja um sucesso é necessário que se estenda a passadeira vermelha ao espírito solidário dos clientes do Lidl e deixar que comprem voluntariamente um dos produtos em promoção para a sua ceia de Natal e, desta forma simples, ajudem as cinco instituições a levar a sua ajuda a mais pessoas.

Até 24 de dezembro pode fazer a diferença, juntando-se ao Lidl para promover o bem e melhorar as condições de vida das centenas de pessoas que todos os dias necessitam da ajuda das instituições de solidariedade social e das suas equipas. 

Partilhar

Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável