pub
Carlos Rodrigues
Carlos Rodrigues Televisão meu amor

Notícia

A 'Herdeira' arrasa 'Paixão'

Ao contratar Gabriela Sobral, a SIC quis clonar o sucesso da ficção da TVI. Só que o original é sempre melhor do que a cópia. A nova produção de Carnaxide é surpreendentemente frágil, e está a ter dificuldades para competir com a concorrência.
29 de setembro de 2017 às 10:03
...
A 'Herdeira' arrasa 'Paixão'

O primeiro episódio de uma novela é sempre uma boa montra de forças e fraquezas do produto. Mais uma vez, assim foi. Com menos de uma semana de diferença, SIC e TVI lançaram as novas apostas da ficção. O resultado é desastroso para Carnaxide. A nova Paixão é surpreendentemente frágil, e tem de levar urgentemente uma volta. Caso contrário, irá agravar as debilidades demonstradas desde o primeiro minuto.

É incrível como, ao fim de tantos anos de aposta da SIC na ficção nacional, a qualidade técnica das produções da TVI continua tão à frente da concorrência. Paixão revela, desde o início, problemas de captação de som e de imagem, dois itens que se julgava resolvidos na produção de telenovelas em Portugal. No que diz respeito à imagem, por exemplo, algumas cenas resultam baças. Quanto ao som, alguns diálogos têm de ser adivinhados pelos espectadores, o que é muito difícil de aceitar hoje em dia. Além da técnica, notam-se, também, problemas na narrativa.

O aparecimento da personagem de Albano Jerónimo na África do Sul, por exemplo, é inconsistente – ninguém terá visto o episódio de estreia antes de ir para o ar? Só o trabalho dos actores fica ao nível da concorrência. Quanto ao resto, mesmo com todos os cortes orçamentais na TVI, de que tem havido variadas notícias, A Herdeira mostra que está noutro patamar. Os exteriores têm uma qualidade muito superior, a fluidez da montagem potencia ao máximo a narrativa e tira o que de melhor os actores têm para dar aos espectadores.

As audiências não enganam: A Herdeira é muito melhor que Paixão. A novela da SIC tem de ser corrigida rapidamente.              

Mais notícias de Corpo Perfeito

Aprendiz de

Aprendiz de "feiticeiro"

O relógio marcava as 03h10, quando a CMTV colocou um ponto final na emissão especial dedicada ao inferno que voltou a deixar marcas profundas e as palavras de António Costa apenas serviram para aumentar ainda mais o meu sentimento de luto.
Número

Número

Número: s.m. Aquilo que, para os cabrões, significa tudo — o que é mais uma prova de que não valem nada. Nada do que vale a pena na vida é contável.

Barcelona

O processo independentista catalão tem sofrido de ausência de razão quer da parte do governo catalão, desrespeitando leis gerais que estruturam a soberania do Estado espanhol, quer do governo central que respondeu a pontapé e à bastonada às provocações que os nacionalistas realizaram.

Manzarra ainda goza

O apresentador de 'Vale Tudo' continua a ser um irresponsável nas declarações que faz. Desta vez, diz que se está a “marimbar para as audiências”. Mas ninguém na SIC tem mão neste jovem, de 32 anos? E os accionistas que metem dinheiro em Carnaxide deixam isto acontecer?

O fim dos reality shows

Biggest Deal bate recordes negativos de audiências. O programa não convence, e Teresa Guilherme mostra que não está confortável com o formato. Isso é mortal.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável