pub
Francisco Moita Flores
Francisco Moita Flores Piquete de polícia

Notícia

Crimes de férias

As férias são o momento mais desejado por alguém que trabalha. Venho alertar o leitor, não pode significar desatenção. Porque neste período os ladrões não param. Usam as férias para redobrar assaltos.
13 de agosto de 2017 às 08:08

As férias são o momento mais desejado por alguém que trabalha. Tempo de descanso. De fuga às rotinas, às obrigações profissionais diárias, às dificuldades de mobilidade. É o tempo da distração, do folguedo, das viagens, de baixar as guardas e gozar as horas e os dias como se fossem um acepipe que se prova uma vez por ano. Sair da aspereza do dia a dia é, não apenas um direito, como um prazer. Que, venho alertar o leitor, não pode significar desatenção. Porque neste período os ladrões não param. Usam as férias para redobrar assaltos, atacar sem medo residências desertas ou veraneantes descuidados.

Vulgarmente os furtos em residências são antecipados por vigilâncias. Os gatunos estudam as rotinas, ou a ausência delas, pois sabem que o crime de furto e bem menos grave do que um crime de roubo. Depois, porque também é mais fácil assaltar uma casa sem gente. Particularmente quando sabem que os seus utentes estão fora e por vários dias.  O aumento destes crimes fez com que, quer a PSP quer a GNR, tenha estabelecido já há alguns anos, programas específicos de policiamento às residências de quem vai de férias. É fácil. O leitor dirige-se à esquadra ou ao posto da sua área de residência e informa que vai sair durante uns dias. É uma burocracia muito simples e muito útil. Sabe que a sua casa não fica abandonada e que existe um olhar policial mais atento. Basta a frequência diária, em horários diferentes, de uma patrulha em determinada rua para ser um fator fortemente preventivo.

Por outro lado, é importante que não divulgue quando vai viajar, a não ser com familiares ou amigos de confiança. É uma ação da nossa vida privada. Falar sem rodeios dos nossos projetos individuais numa esplanada pública ou num café, estão à escuta muitos ouvidos e dispostos a comentar  muitas bocas. Fale no passado. Quando regressar e já estiver na segurança da sua casa, então conte as aventuras que viveu e as cidades que apreciou. Não permita que as suas férias, que tanto desejou e merece, terminem com um pesadelo. Boas férias!

Mais notícias de Corpo Perfeito

Aprendiz de

Aprendiz de "feiticeiro"

O relógio marcava as 03h10, quando a CMTV colocou um ponto final na emissão especial dedicada ao inferno que voltou a deixar marcas profundas e as palavras de António Costa apenas serviram para aumentar ainda mais o meu sentimento de luto.
Número

Número

Número: s.m. Aquilo que, para os cabrões, significa tudo — o que é mais uma prova de que não valem nada. Nada do que vale a pena na vida é contável.

Barcelona

O processo independentista catalão tem sofrido de ausência de razão quer da parte do governo catalão, desrespeitando leis gerais que estruturam a soberania do Estado espanhol, quer do governo central que respondeu a pontapé e à bastonada às provocações que os nacionalistas realizaram.

Manzarra ainda goza

O apresentador de 'Vale Tudo' continua a ser um irresponsável nas declarações que faz. Desta vez, diz que se está a “marimbar para as audiências”. Mas ninguém na SIC tem mão neste jovem, de 32 anos? E os accionistas que metem dinheiro em Carnaxide deixam isto acontecer?

O fim dos reality shows

Biggest Deal bate recordes negativos de audiências. O programa não convence, e Teresa Guilherme mostra que não está confortável com o formato. Isso é mortal.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável