pub
Paulo Abreu
Paulo Abreu O Tal Canal

Notícia

Kelly Bailey envergonha Rita Pereira  

Esta jovem actriz brilha a grande altura em 'A Herdeira' e ofusca Rita Pereira, que continua a saber vender-se bem, mas que não passa disso mesmo: um bom produto de marketing.
30 de setembro de 2017 às 00:00
...
Kelly Bailey envergonha Rita Pereira   

1. 'A Herdeira', a nova novela da TVI, esmagou a concorrência no domingo, 24, ao registar 1 milhão e 656 mil espectadores, frente a 'Amor Maior' e 'Paixão', as duas tramas da SIC, e ao 'The Voice Portugal', da RTP1. A estação de Queluz de Baixo "atrasou-se" uma semana em relação à rival de Carnaxide, mas aquilo que vimos não deixa muitas dúvidas: está aqui mais um bom produto de ficção, saibam todos os profissionais manter a qualidade vista nos primeiros episódios. Para já, estão de parabéns José Eduardo Moniz, que soube arriscar, novamente, mesmo com a TVI a cortar nos orçamentos, e Kelly Bailey. Se disse aqui, na semana passada, que Margarida Vila-Nova é a melhor actriz da sua geração, esta jovem, filha de pai inglês e mãe portuguesa, que saltou para a ribalta com 'A Única Mulher', tem um futuro risonho pela frente. Brilha a grande altura em 'A Herdeira', com a sua beleza e talento para representar, e ofusca a mediática Rita Pereira, que continua a saber vender-se bem, mas que não passa disso mesmo: um bom produto de marketing.

 2. A TVI volta a estrear um reality show em dia de eleições, desta vez as autárquicas. A escolha da data já originou várias discussões entre a estação e a produtora, mas isso agora, parafraseando Teresa Guilherme, não interessa nada. Venha de lá esse 'Biggest Dea'l, com concorrentes de segunda e terceira linhas, para nos distrair um pouco aos serões de domingo. 

3. Conceição Lino regressou segunda, 25, ao pequeno ecrã, para apresentar mais uma temporada de 'E se Fosse Consigo?', na SIC, e abordou no primeiro episódio um tema pouco comum: os homens vítimas de violência doméstica (visto por 1 milhão e 461 mil espectadores). Após ver o trabalho da jornalista, encostei-me na cadeira, sorri e pensei que ainda há boa gente com (muito) tempo para pensar e executar. Afinal, Conceição Lino, que até passou pelo entretenimento – a sua experiência nas tardes foi um acumular de episódios anedóticos –, teve 16 meses para preparar uma nova temporada do formato. Repito: 16 meses. Numa estação cuja tesouraria está nas lonas, esta jornalista continua a ter uma vida de rainha em Carnaxide.

Mais notícias de Piquete de Polícia

Violência juvenil

É certo que a culpa é de quem matou e a eles devem ser imputada a responsabilidade criminal sobre o sucedido. Em matéria criminal, essas duas dimensões da nossa existência social é individual.
SIC e TVi24: tiros nos pés

SIC e TVi24: tiros nos pés

A SIC acaba com ‘Juntos à Tarde’, de João Baião e Rita Ferro Rodrigues, em menos de um ano. E a TVI24 quase parece a BTV… Um desastre total.
Os pesadelos da TV

Os pesadelos da TV

As séries da RTP, os reality shows da TVI e os formatos da SIC ao domingo são os principais flops do ano, na área do entretenimento e ficção. Segunda parte do balanço de 2017 na televisão portuguesa.
Não podemos deixar que os rios sequem

Não podemos deixar que os rios sequem

Tudo muda depois de um furacão. Às vezes para sempre. Como naquela ilha, uma das mais belas do mundo, onde sonhei levar-te um dia, Caye Caulker, no Belize, esse paraíso entre o México e a Guatemala.
Canais em banho-maria

Canais em banho-maria

Por razões diferentes, este foi um ano perdido, tanto para a TVI, como para a SIC. Não houve dinheiro nem ideias, e o ano acaba como começou: programação pobre e grelhas sem rasgos.
Ódio

Ódio

Ódio: s.m. Aquilo que sentem os que nada sentem; nunca alguém apaixonado odiou alguém.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!
Anónimo 30.09.2017

A tvi continua a apostar na Rita Pereira apesar de ser uma atriz mediocre.


Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável