Carlos Rodrigues
Carlos Rodrigues Televisão meu amor

Notícia

O fogo na RTP, SIC e TVI

A RTP1 foi a estação que reagiu melhor, no trabalho de campo e na agilidade de grelha. A TVI ganhou no sensacionalismo. Já a SIC passou ao lado da tragédia, e perdeu em toda a linha
23 de junho de 2017 às 11:09

Uma tragédia como a de Pedrógão cria enormes dificuldades às televisões tradicionais. Desde logo, porque as estações estão formatadas à imagem do aparelho do Estado, ou seja, concentram todos os meios em Lisboa, e descuram o interior. A falta de uma malha de correspondentes, urdida com um mínimo de inteligência, atrasa qualquer reacção longe das autoestradas.

Para a análise da cobertura da tragédia, foquemo-nos nos noticiários de horário nobre das televisões generalistas, RTP1, SIC e TVI, no dia a seguir à maior parte das mortes. A RTP foi a que reagiu melhor. Adaptou a grelha e passou um jogo de futebol para a RTP2, utilizando, por uma vez, a rede de canais de que dispõe para abrir um especial às 19:00 no canal 1.

A RTP teve mais directos que o habitual, mais reportagens de proximidade que a concorrência, e mobilizou repórteres de maior peso. Consequência: a embalagem dada à RTP1 pelo jogo da Selecção foi potenciada ao máximo, e deu uma vitória no share do dia, acima da própria TVI. Que também apostou forte nesta notícia. E bateu a concorrência, por larga margem, mas no sensacionalismo, algo que os espectadores não perdoam em momentos de enorme dor colectiva.

Foi a falta de mobilização interna dos melhores profissionais que distinguiu a cobertura da SIC. Nem na apresentação, nem na reportagem a SIC teve armas de qualidade. Salvou-se, apenas, Marques Mendes, que lançou questões pertinentes e, dessa forma, fez o trabalho que caberia à edição e aos jornalistas. Erros assim pagam-se caros. Construíram uma derrota demolidora, que alastrou também ao cabo

Mais notícias de Dicionário do amor

Refazer

Refazer

Refazer: v.: O mesmo que viver. Quem nunca teve de se refazer nunca soube o que era viver.
Resgate em directo

Resgate em directo

O drama das 12 crianças e do seu treinador, retirados do labirinto de uma gruta pelos esforços dos mergulhadores, foi um evento global que emocionou o mundo através da televisão.
Bolas de Berlim

Bolas de Berlim

Era uma senhora típica do Estado Novo: para fora vivia para o marido, a casa e os filhos, por dentro implodia de tédio, sem a capacidade de entender porque sentia tanta neura. Na época usava-se o termo neurasténica, uma espécie de genérico para as maleitas do espírito e do coração femininos.
Redoma

Redoma

Redoma: s.f.: Único espaço do mundo que, apesar de exíguo, é infinito. Somos do tamanho do que conseguimos suportar, e mais ainda do tamanho do que conseguimos superar.
A RTP ganhou o mundial

A RTP ganhou o mundial

O mês forte da competição na Rússia trouxe grandes subidas para o canal 1, e dificuldades crescentes para a SIC, que ajudou a televisão do Estado a pagar o torneio, mas pouco ou nada beneficiou com ele
És tu e tu e tu

És tu e tu e tu

Quando alguém desiste de nós, não vale a pena correr atrás, fazer piruetas, acenar com um isco, não vale a pena fazer nada a não ser aceitar e esperar. Aceitar sem culpa, esperar sem expectativas. E depois, é deixar a vida correr, ficar atento aos sinais, descansar o corpo e o coração, respeitar o luto e o pousio, até a vida dar a volta à vida.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável