Francisco Moita Flores
Francisco Moita Flores Piquete de Polícia

Notícia

O Negativo

Está neste caso o chamado Processo da compra de sangue, baptizado com o sugestivo nome de O Negativo. Negociatas feitas com compra de sangue que, esta semana, levaram mais um punhado de médicos a ser interpelados pela Justiça.
11 de junho de 2017 às 07:00

Existem crimes, que pela sua natureza malévola, que deveriam estar catalogados, tal como no Direito brasileiro, como hediondos. Não tanto pela consequência jurídica, sobretudo pelo que encerram de imoralidade e malvadez contra a vida humana.

Está neste caso o chamado Processo da compra de sangue, baptizado com o sugestivo nome de O Negativo. Negociatas feitas com compra de sangue que, esta semana, levaram mais um punhado de médicos a ser interpelados pela Justiça.

O sangue é fonte de vida. Pelo País existem centenas de organizações de dadores voluntários, gente de generosidade sem limites, que entrega um pedaço de si para salvar os seus semelhantes. Gente de todos os estratos sociais, de todas as cores, sem distinção de credos, que estende o braço e se oferece, desta forma, para salvar vidas.

A resposta do Estado a este voluntarismo generoso é escolher bandidos, ainda que engravatados e pomposos, para comprar através de concursos públicos manipulados, de negociatas escuras, o sangue que falta nos hospitais. A generosidade dos povos contra o banditismo do Estado. Nada existe de mais cruel, de desumano, de imoral para mostrar que este Estado e os seus vários governos, não merece os cidadãos que governa.

É verdade que a Saúde merece toda atenção, que os investimentos devem ser privilegiados pois que é o sector que cura, trata e cuida de doentes. Porém, não é possível que escorram milhões e milhões de euros por este sector da vida pública com critérios mínimos de fiscalização e controle. Quer no que respeita ao sangue, quer no que respeita à grande industria farmacêutica, quer no que respeita à gestão hospitalar. É um regabofe humilhante para quem paga impostos e espera seriedade do Estado. Há meses que a PJ persegue esta ‘máfia do sangue’ e, ao que parece, com resultados. Deve começar a perseguir as outras ‘máfias’ que na Saúde roubam milhões à custa de vidas e de sofrimento alheio. É tem de começar a dizer Basta!

Mais notícias de O Tal Canal

Cresce, Lourenço

Cresce, Lourenço

O actor de “A Herdeira” decidiu apoiar o amigo Rui Patrício, nas redes sociais, insultando Bruno de Carvalho, o presidente do Sporting. A TVI permite este comportamento às suas estrelas?
Os vídeos de Sócrates

Os vídeos de Sócrates

Com a justiça a funcionar no processo do ex-primeiro-ministro, é hora de o jornalismo fazer o seu próprio balanço das implicações de um caso que entra para a História da democracia portuguesa.
Um amor feliz

Um amor feliz

Convidaram-me para ir jantar, simpatia que declinei por ausência de fome e vontade de voltar para casa onde o silêncio me envolve como um manto sempre que meto a chave à porta. Durante meses senti-me sufocada por ele, até o domar como um cão de circo e agora sabe-me bem o sossego.
El Portugués

El Portugués

Paulo Futre não conseguiu conter as lágrimas no programa 'Liga D´Ouro', emitido pela CMTV, quando Octávio Machado lhe lançou um elogio. As palavras do ex-treinador desmontaram-lhe o rosto, quase sempre sorridente, e revelaram ao país um homem sensível, humilde.
Papiro

Papiro

Papiro: s.m. Primeiro meio de transporte de alta velocidade da história do mundo. Não é o que não está perto que faz doer; é o que não se sente perto.
Lula preso

Lula preso

A detenção do ex-presidente da República do Brasilé uma gota de água, num estado dominado pelo poder negro da corrupção. O actual, Michel Temer, espera a sua vez de ir para a cadeia.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável