pub
Sandro Bettencourt
Sandro Bettencourt Por detrás das câmaras

Notícia

Olha a bolinha!

A televisão, é por estes dias, a última escolha da grande maioria dos portugueses. O cheiro a maresia e a fragrância das estevas tomam conta dos sentidos e conduzem milhares de pessoas à praia.
16 de agosto de 2017 às 23:42
...
Olha a bolinha!

A televisão, é por estes dias, a última escolha da grande maioria dos portugueses. O cheiro a maresia e a fragrância das estevas tomam conta dos sentidos e conduzem milhares de pessoas à praia.

O El Gharb, dos árabes, agora o nosso Algarve, é um dos locais que mais atração provoca durante a canícula. Desde o polvo de Santa Luzia, passando pelo arroz de ligueirão em Tavira, o bife de atum braseado em Cacela Velha, até à sopa do mar em Cabanas de Tavira, são incomensuráveis os prazeres que nos afastam irremediavelmente dos noticiários, dos filmes e das séries de maior sucesso no cabo. "Olha a bolinha! Estas são quentes e não fazem mal aos dentes!" O pregão do Sr. Carlos, reconhecido em todos os extensos areais da Ria Formosa, volta a despertar-me e a sacudir-me da toalha.

As iguarias que traz em duas caixas de madeira são irresistíveis. Hoje vou pedir-lhe uma bola de berlim de Alfarroba e as informações do costume. Sim, graças ao Sr. Carlos estou sempre a par de todas as notícias, até as de última hora, como foi, por exemplo, a tragédia que vitimou 13 pessoas nas festas da Nossa Senhora do Monte, na Madeira.

Nos relatos que faz não deixa escapar os detalhes, tem sempre resposta para todas as perguntas e estou certo que faria um brilharete em qualquer canal de televisão. Este ano decidi perguntar-lhe se nunca pensou em ser jornalista. "Ora essa e depois quem é que matava a gula a esta gente toda! Não tenho tempo para isso" Depois desta estirada que me fez esboçar um sorriso, o Sr. Carlos retomou a marcha. "Olha a bolinha! Estas são quentes e não fazem mal aos dentes!"

Mais notícias de Piquete de Polícia

A IURD

É conhecida a história obscena da Igreja Universal do Reino de Deus e do seu pontífice Macedo. A Igreja dos milagres e dos negócios.
Infelizes para sempre

Infelizes para sempre

Dez anos depois está sentado na minha sala a beber chá. Pergunto-lhe como está a vida, a mulher, os dois filhos. Responde com um sorriso triste, "todos os dias penso numa maneira de me divorciar".

Vantagem para a RTP

Num ano cheio de notícias de grande impacto, os três generalistas reagiram bem, com algumas excepções. Já no cabo, as estações passaram a agir como se se preparassem para fechar os canais de notícias.
É tempo de sonhar...

É tempo de sonhar...

Ai, se eu pudesse voltar a sonhar como dantes, mesmo que fosse a preto e branco. A magia da televisão vai crescendo por estes dias e atinge de forma indiscriminada milhões de pessoas que acabam por ser acometidas pelas mesmas reminiscências.
Ofender

Ofender

Ofender: v. Aquilo que só fazes a quem te ama; quando alguém que não amas te ofende não te ofende coisa nenhuma — e é sequer pensar que o faz que é ofensivo.

Violência juvenil

É certo que a culpa é de quem matou e a eles devem ser imputada a responsabilidade criminal sobre o sucedido. Em matéria criminal, essas duas dimensões da nossa existência social é individual.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável