Pedro Chagas Freitas
Pedro Chagas Freitas Dicionário do amor

Notícia

Ombro

Ombro: s.m. Região mais rica do planeta; pobre é apenas aquele que não tem um ombro para pousar os medos.
08 de janeiro de 2018 às 07:00
...
Ombro
Foto: Getty Images

Dá-me um abraço, foda-se,

ela pede com as palavras que sente, ao lado um homem de fato e gravata reprova aquilo com a cabeça, do outro lado uma mulher esboça um sorriso de paternalismo,

o paternalismo é uma maldade educada, uma maldade hipócrita,

e por isso muito pior do que a maldade em si mesma,

dá-me um abraço, foda-se,

ele dá, aperta-a com força,

o amor usa palavras, e é só,

um dia alguém dirá que para amar temos de usar palavras bonitas,

amo-te, és tão lindo,

coisas assim,

és o meu sol, casas comigo,

e tal,

mas para amar só temos de usar amor,

mesmo que usemos foda-se, e caralho, e puta que pariu,

não se ama por palavras,

só por amor,  

dá-me um abraço, foda-se,

à porta do hospital,

talvez ela tenha uma doença grave, talvez seja só uma constipação, sabe-se lá,

à porta do hospital ela pede-lhe como se lhe ordenasse um abraço,

pode haver algo melhor do que a pessoa que amamos nos pedir como se nos ordenasse um abraço, mas eu não conheço,

ele olha-a nos olhos, sorri, aperta-a com força nos ombros,

nem uma palavra, o silêncio é obsceno quando se ama assim, não é?,

e o que se vê naquilo é apenas um homem que ama uma mulher, uma mulher que ama um homem, pessoas como as outras,

separar as pessoas pelas palavras que dizem é tão idiota, não achas?,

alguém que diz foda-se é menos que alguém que diz uma palavra cara,

que pobreza,

somos criaturas de uma língua só, mas de vários sotaques,

o sotaque pior é o do vazio,

um sotaque amargo, indigesto, ruidoso,

o sotaque daqueles que ocupam o espaço do que não conseguem ocupar em si com o espaço que querem desocupar nos outros,

chamam-lhe inveja, não é?,

e infelicidade também, certo?,

junto à entrada do hospital, este homem e esta mulher abraçados podem muito bem dizer as piores palavras do mundo mas amam-se como poetas,

dá-me um

abraço, foda-

se,

e podiam muito bem ser as duas pessoas que mais se amam no mundo,

podiam, podiam,

não fosse dar-se o caso de eu te amar como te amo,

e mais ainda de teres saído agora mesmo da consulta de onde esperava que viesses,

e está tudo bem contigo,

tão bom, foda-se,

nada a assinalar, os exames impecáveis, as radiografias impecáveis, estás livre dele,

dá-me um abraço, foda-se,

estás livre do bicho, livre da sombra,

tão bom,

fo

da

-

se.

Ombro: s.m. Espaço mais forte de qualquer corpo humano; é quando tudo o resto se cansa que mais o ombro que te ampara se fortalece. 

Mais notícias de O Tal Canal

O Gordo vive e aperta com Cristina

O Gordo vive e aperta com Cristina

Fernando Mendes tem público, tem carisma e uma genuinidade incrível. Quem se apressou neste quase último ano a fazer-lhe um funeral estava bem enganado.

O futsal já cria heróis

Final do Europeu teve audiência digna de jogo de futebol. A chegada a Portugal dos jogadores da Selecção Nacional levou uma pequena multidão às ruas, em domingo de Carnaval, provando a capacidade de mobilização da modalidade.
Eu quero que tu sejas a minha mãe

Eu quero que tu sejas a minha mãe

Vou ali e já venho, não demoro nada, umas semanas, duas ou três, vais ver que passa num instante, digo ao Ramsés enquanto lhe faço festas na cabeça. O Ramsés foi uma herança da minha irmã Isabel que se apaixonou por um surfista e trocou as Avenidas Novas pelo Havai.
Ópio

Ópio

Ópio: s.m. Aquilo que serve para salvar os desapaixonados do tédio; só quem não ama se entedia.

Temporal

Quem passou por esta semana com tanta investigação, tanta discussão sobre julgamentos, justiça, poderosos e tantos donos disto tudo, fica com a ideia de uma País a saque.
A pior RTP de sempre

A pior RTP de sempre

Isto é que é grave: Nuno Artur Silva não percebeu a razão do seu afastamento, ele que, ao fim de três anos, pouco fez para acabar com a suspeita de negócios pouco transparentes entre a estação pública, a sua produtora e o seu canal no cabo.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável