pub
Paulo Abreu
Paulo Abreu O Tal Canal

Notícia

Pobre Rita Pereira

Uma das actrizes mais medianas da sua geração, que saltou para a ribalta pelo seu namoro com o malogrado Angélico Vieira, que só sobrevive neste meio porque se sabe vender nas redes sociais – com ou sem roupa – e porque há sempre alguém disponível para a ajudar a promover sapatos ou cosméticos aos quais dá a cara, optou por um caminho. Mau, diga-se.
17 de junho de 2017 às 07:00

1. Imagine o seguinte, caro leitor: que é convidado para um casamento, um baptizado ou até uma festa de um amigo e, nesse evento, alguém o trata mal. Ora com palavras, ora com atitudes.

Pois bem, vem isto a propósito da apresentação da nova novela da TVI, 'A Herdeira'. Interrogada pelos jornalistas, acerca da trama, cujas gravações já arrancaram, e da sua personagem, Rita Pereira, de 35 anos de idade, disse, com cara de poucos amigos, que não sabia que papel tinha em mãos, e que história era aquela, pois tinha sabido deste trabalho 48 horas antes. "Só sei que é uma cigana. Fui avisada há dois dias... e apanhada de surpresa."

Rita Pereira, uma das actrizes mais medianas da sua geração, que saltou para a ribalta pelo seu namoro com o malogrado Angélico Vieira, que só sobrevive neste meio porque se sabe vender nas redes sociais – com ou sem roupa – e porque há sempre alguém disponível para a ajudar a promover sapatos ou cosméticos aos quais dá a cara, optou por um caminho. Mau, diga-se, ao nível do seu talento para representar.

A TVI, que lhe paga um chorudo ordenado, não merece gente assim, gente que ponha em causa uma estratégia vencedora, gente pouco humilde e que parece andar a fazer fretes.

Acredito que, num futuro próximo, já com a Altice como dona da estação de Queluz de Baixo e muito provavelmente com José Eduardo Moniz no lugar de Bruno Santos – um director-geral sem carisma e sem pulso –, as coisas venham a mudar. É que este circo tem de ter limites. Aliás, as palavras do consultor para a ficção sobre Rita foram bem claras. "Ela soube quando tinha de saber."

2. Eduardo Madeira também não tem limites. Agora despiu-se e nadou no rio Tejo, perto do Castelo de Almourol, para pagar uma promessa, relacionada com a vitória de Salvador na Eurovisão.

A TVI registou esse feito, chegando a enviar uma equipa de reportagem ao local, e passou-o no 'Você na TV!', com direito a uma entrevista ao artista nu, só com uma toalha a tapar o sexo. No final, Cristina Ferreira ria-se que nem uma perdida. Pois, claro, afinal, tínhamos acabado de viver um momento histórico de televisão...

Mais notícias de Piquete de polícia

Tanto Luto, Tanta Mágoa

Nunca se viu coisa assim. Tanto luto e tanta mágoa num só verão, como se mil demónios se tivessem apossado de parte do nosso país.

Eu tinha vergonha

A SIC promove uma nova novela, convida os jornalistas para o evento e só aparecem cinco actores do elenco. Cheira a falta de compromisso com a estação. Mas na RTP as coisas também não estão melhores: veja-se o caso dos Mundiais de Atletismo.

Ouro mundial sem RTP

Os feitos de Inês Henriques, a melhor do mundo nos 50 quilómetros marcha, e do campeão olímpico Nélson Évora, no triplo salto, não mereceram transmissão na televisão do Estado. Passaram no Eurosport.
O passo certo

O passo certo

Nos meus sonhos a minha casa é sempre igual. Silenciosa, romântica e serena, como o meu coração quando me apaixono. Já lá vão alguns anos desde que tal fatalidade me aconteceu.
Olha a bolinha!

Olha a bolinha!

A televisão, é por estes dias, a última escolha da grande maioria dos portugueses. O cheiro a maresia e a fragrância das estevas tomam conta dos sentidos e conduzem milhares de pessoas à praia.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável