pub
Carlos Rodrigues
Carlos Rodrigues Televisão Meu Amor

Notícia

Presente envenenado

'Linha Aberta' é um formato que põe a nu todas as fragilidades actuais de Carnaxide, da falta de meios à crise de ideias. Não vai ser fácil reverter as audiências miseráveis da estação no acesso ao prime time.
22 de setembro de 2017 às 15:08

Hernâni Carvalho conquistou a pulso o lugar que tem na programação da SIC. Quando Júlia Pinheiro trocou a TVI por Carnaxide, no início desta década, recebeu a missão de recuperar a liderança. Hernâni era um dos produtos do passado. Tinha de ser sacrificado. Para azar de Júlia e da estação, o 'day time' da SIC, que já tinha vida difícil, piorou, e o antigo jornalista, investido no papel de "especialista" em crime e segurança, foi recuperado. Ganhou o estatuto de arma principal para o meio-dia, a hora mais exigente dos programas da manhã nos canais generalistas de sinal aberto.

O sucesso relativo da rubrica de Hernâni Carvalho, no meio de todo o insucesso da SIC, fê-lo chegar à titularidade das 7 da tarde, onde a estação tem audiências miseráveis. 'Linha Aberta' é um 'talk show' sobre criminalidade, com reportagens, comentadores em estúdio, e telefonemas de espectadores. Esta última característica prevalece no nome dado ao formato, linha aberta, mas acaba por ser a menos bem conseguida. Além de alguns problemas técnicos, nem sempre os temas proporcionam perguntas pertinentes. Exemplo: a pergunta absurda sobre "quando devem as polícias parar de investigar". A prazo, 'Linha Aberta' deixará de ter telefonemas. O equilíbrio entre vídeo e estúdio tenderá, também, a desfazer-se, com a dificuldade de manter a produção.

Sem o apoio da estação de Carnaxide, e sem outros meios, 'Linha Aberta' corre o risco de se fechar em estúdio. Veremos se Hernâni Carvalho, um sobrevivente, será ou não capaz de dar a volta a este presente envenenado.

Mais notícias de Corpo Perfeito

Aprendiz de

Aprendiz de "feiticeiro"

O relógio marcava as 03h10, quando a CMTV colocou um ponto final na emissão especial dedicada ao inferno que voltou a deixar marcas profundas e as palavras de António Costa apenas serviram para aumentar ainda mais o meu sentimento de luto.
Número

Número

Número: s.m. Aquilo que, para os cabrões, significa tudo — o que é mais uma prova de que não valem nada. Nada do que vale a pena na vida é contável.

Barcelona

O processo independentista catalão tem sofrido de ausência de razão quer da parte do governo catalão, desrespeitando leis gerais que estruturam a soberania do Estado espanhol, quer do governo central que respondeu a pontapé e à bastonada às provocações que os nacionalistas realizaram.

Manzarra ainda goza

O apresentador de 'Vale Tudo' continua a ser um irresponsável nas declarações que faz. Desta vez, diz que se está a “marimbar para as audiências”. Mas ninguém na SIC tem mão neste jovem, de 32 anos? E os accionistas que metem dinheiro em Carnaxide deixam isto acontecer?

O fim dos reality shows

Biggest Deal bate recordes negativos de audiências. O programa não convence, e Teresa Guilherme mostra que não está confortável com o formato. Isso é mortal.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável