Francisco Moita Flores
Francisco Moita Flores Piquete de Polícia

Notícia

SIRESPezinho

Perante a tragédia de Pedrogão Grande, nos últimos dias, quando os focos estão extintos e os mortos sepultados, aquilo que se temos assistido é um verdadeiro circo de desculpas.
30 de junho de 2017 às 07:00

Na altura, o ministro da Administração Interna era António Costa. O actual primeiro ministro. Foi o comprador do SIRESP, essa teia de comunicações, dizia-se, era o último grito no combate a catástrofes. De tal maneira versátil que podiam estoirar todos os sistemas de comunicação e o SIRES continuaria a sirespar. Foram cerca de 600 milhões de euros entregues a um consórcio que, entre outros, metia o BES, o BPN e a Motorola. Ah, e a PT! Como facilmente se depreende, os suspeitos do costume.

Perante a tragédia de Pedrogão Grande, nos últimos dias, quando os focos estão extintos e os mortos sepultados, aquilo que se temos assistido é um verdadeiro circo de desculpas. A Guarda Republicana não sabia das proporções do incêndio, nem a INEM, nem os Bombeiros e, muito menos, os comandos da Protecção Civil. Aquelas criaturas com umas fardas muito bonitas, com umas estrelinhas no peito, muito asseadinhos, que davam conferencias de imprensa, ocultando a realidade (os sistemas de informações não funcionavam) e ficcionando outras verdades.

Ficará para a história do anedotário, a história da queda do avião. Depois de se confirmar que um dos aviões de combate aos incêndios caíra, veio mais tarde um desses asseadinhos informar que, afinal, não caíra. Porém, sublinhava o sábio da treta, que de fogos nada sabe, que apesar de não ter caído, enviara uma equipa de socorro. Ora se não caiu, para onde terá esta alma enviado a equipa de salvamento? É o símbolo máximo do desnorte e um comandante desnorteado não pode gerir uma catástrofe destas dimensões. Tudo se encaminha para a procissão de inquéritos. Inquéritos pedidos pelo primeiro ministro, pela ministra, pela Assembleia da República, pelo Ministério Público.

É a tradição democrática portuguesa: somos especialistas em inquéritos que enferrujam com o tempo, meses á fio enfiados nas gavetas ou à espera de mais pareceres e peritagens, até ao dia em que a morte de tanta gente esboroe pelos caminhos do esquecimento. E já está! Viveremos sem nunca desculpar ao SIRESP, esse deus enrascado, culpado sem dúvidas, e gozaremos o eterno descanso entregues nas mãos das mesmas criaturas que há décadas governam Portugal em função do interesse pessoal e partidário. 

Mais notícias de Televisão Meu amor

Resgate em directo

Resgate em directo

O drama das 12 crianças e do seu treinador, retirados do labirinto de uma gruta pelos esforços dos mergulhadores, foi um evento global que emocionou o mundo através da televisão.
Bolas de Berlim

Bolas de Berlim

Era uma senhora típica do Estado Novo: para fora vivia para o marido, a casa e os filhos, por dentro implodia de tédio, sem a capacidade de entender porque sentia tanta neura. Na época usava-se o termo neurasténica, uma espécie de genérico para as maleitas do espírito e do coração femininos.
Redoma

Redoma

Redoma: s.f.: Único espaço do mundo que, apesar de exíguo, é infinito. Somos do tamanho do que conseguimos suportar, e mais ainda do tamanho do que conseguimos superar.
A RTP ganhou o mundial

A RTP ganhou o mundial

O mês forte da competição na Rússia trouxe grandes subidas para o canal 1, e dificuldades crescentes para a SIC, que ajudou a televisão do Estado a pagar o torneio, mas pouco ou nada beneficiou com ele
És tu e tu e tu

És tu e tu e tu

Quando alguém desiste de nós, não vale a pena correr atrás, fazer piruetas, acenar com um isco, não vale a pena fazer nada a não ser aceitar e esperar. Aceitar sem culpa, esperar sem expectativas. E depois, é deixar a vida correr, ficar atento aos sinais, descansar o corpo e o coração, respeitar o luto e o pousio, até a vida dar a volta à vida.
Redenção

Redenção

Redenção: s.f.: Acto de transformar em heroísmo aquilo que foi erro. Só quem ama se redime; os outros já não têm salvação possível.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável