Francisco Moita Flores
Francisco Moita Flores Piquete de Polícia

Notícia

Temporal

Quem passou por esta semana com tanta investigação, tanta discussão sobre julgamentos, justiça, poderosos e tantos donos disto tudo, fica com a ideia de uma País a saque.
11 de fevereiro de 2018 às 13:19

Ele é a Operação Fizz, ele é a Operação Lex, ele é o caso Centeno, ele é a violação do segredo de justiça, ele é quem está contra e a favor da saída da Procuradora Geral da República, ele é o Blanco, ele é o Proença, ele é o Benfica, calma! Quem passou por esta semana com tanta investigação, tanta discussão sobre julgamentos, justiça, poderosos e tantos donos disto tudo, fica com a ideia de uma País a saque, sem controlo, completamente exposto à gula de uns e aos predadores do costume. Isto chegou a tal ponto que inquéritos internacionais sobre a percepção da corrupção colocam Portugal em quinto lugar entre os países mais corruptos do mundo.

Só é possível chegar a este estado de exasperação e de irrealidade porque a catadupa de notícias, cruzando alhos e bugalhos, provoca essa percepção mas não é verdade. O facto do Ministério Público ter irrompido por territórios que anteriormente não lhe causavam incómodo, fez vir à tona crimes económico-financeiros que, tal como noutros países onde a velocidade de amadurecimento é maior, provocaram danos nos vários poderes instalados. Os processos de corrupção que correm em Espanha contra vários partidos políticos, em França de igual modo, para não falar da Itália em que esta entrada da justiça nos meandros do poder, pura e simplesmente despedaçou os antigos partidos. Aqui, já não eram políticos, polícias, magistrados que eram corrompidos. Era o próprio Estado que se transformara em corruptor.

É preciso que se diga que nesta matéria respeitante ao crime económico nós continuamos na cauda da Europa. E não sendo nem de perto, nem de longe o quinto país mais corrupto do mundo, temos seguramente, na cifra negra desta criminalidade, muita coisa por desvendar e muito caminho por fazer.Vamos com calma. E, já agora, com firmeza!

Mais notícias de Dicionário do amor

Querer

Querer

Querer: v. O que realmente comanda a vida. Quem mudou o mundo não foram os sonhadores; foram os queredores: os que quiseram tanto que acabaram por fazer mesmo o que tanto quiseram.
Esperando os incêndios

Esperando os incêndios

Começa a cheirar a verão e, com ele, os incêndios estão à porta. Entramos nesta época carregando os traumas e o horror das tragédias do ano passado.
Fátima é grande!

Fátima é grande!

As palavras da filha são claras: durante 15 anos, a apresentadora fez de mãe e de pai em casa. Quantas vezes a estrela da TVI não terá tido vontade de fugir? Pois, mas esteve sempre com os espectadores.
Somos sempre os mesmos 300

Somos sempre os mesmos 300

O Tinder, essa aplicação que aproxima ainda mais quem já esta na área. Há quem diga que já se casou, que fez amizades para a vida, tanto oiço histórias da carochinha como de engates manhosos. Nunca vou saber como funciona, mas parece que anda meio mundo por ali, a navegar no pastel de nata virtual, à procura de sexo gratuito porque não imagino que marquem encontros para ir ao Arco ver arte contemporânea.
E depois do Adeus?

E depois do Adeus?

Canal 1 voltou ao patamar anterior assim que acabou a festa. A RTP tratou com competência, mas sem brilho, um dos maiores desafios da sua História: realizar o Eurofestival em Portugal.
Conto de fadas

Conto de fadas

A três dias da boda real são ainda muitas as dúvidas sobre alguns detalhes, pormenores que fazem aumentar a expectativa de milhões de espetadores. Irá Harry utilizar aliança? A pergunta não é desfasada se considerarmos que o irmão William não optou por esse símbolo em 2011.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável