pub
Paulo Abreu
Paulo Abreu O Tal Canal

Pobre Rita Pereira

Uma das actrizes mais medianas da sua geração, que saltou para a ribalta pelo seu namoro com o malogrado Angélico Vieira, que só sobrevive neste meio porque se sabe vender nas redes sociais – com ou sem roupa – e porque há sempre alguém disponível para a ajudar a promover sapatos ou cosméticos aos quais dá a cara, optou por um caminho. Mau, diga-se.

Com vergonha da RTP

A estação pública decidiu estragar a final da Taça de Portugal de futebol feminino. E não tem perdão: foi uma falta de respeito pelo Sporting e Sp. Braga, pelos seus adeptos e o meio milhão de espectadores. E pelas mulheres, claro. Porque num jogo de homens não havia essa coragem.

Brincar com o fogo

Como é possível, nesta altura do campeonato, a TVI não ter garantido já Ljubomir Stanisic para uma segunda temporada de Pesadelo na Cozinha?

Tão mal que isto vai...

Esperava mais de MasterChef Celebridades, na TVI, ainda por cima sendo uma estreia, e os Globos de Ouro voltaram a defraudar-me. E, sim, Bárbara Guimarães teria feito melhor do que João Manzarra, apesar de considerar que a sua hora na TV tenha chegado ao fim com o polémico divórcio com Manuel Maria Carrilho.

Obrigado, Salvador

O vencedor do Festival da Eurovisão mostrou que o talento, neste caso musical, só faz sentido se estiver casado – sem aspas – com a humildade e a capacidade de ver o mundo a sério, de modo a tentar transformar o sonho em realidade.

Daniel (não) pergunta

Durante 36 minutos, e após Salvador Sobral ter falado no assunto por três ou quatro vezes, o apresentador da SIC não foi capaz, em momento algum, de fazer a pergunta que se impunha: “Qual é, afinal, o seu problema de saúde?”

Maratona perdida

Escrevi-o aqui e repito, dois meses após a mudança: não era com Andreia Rodrigues, não é com Rita Ferro Rodrigues, mesmo sendo mais cúmplice de João Baião, que a SIC vai, algum dia, conseguir destronar Fátima Lopes.

Orgulho e vergonha

Tenho pena da TVI24, um canal de notícias que se transformou numa Sport TV qualquer.

Sílvia Alberto a mais

Não há mais ninguém na RTP para além desta apresentadora, que está envolvida em três programas ao fim-de-semana? Se não há – e eu acho que há –, muito mal vai a estação pública.

O garoto Manzarra

Eu, se fosse seu diretor de programas, e a SIC até tem dois, sei bem o que lhe fazia: chamava Ljubomir Stanisic e punha-o a dar-lhe umas quantas aulas. É que só se vence na vida com seriedade, dedicação, rigor, profissionalismo… e paixão.

O exemplo de Eunice Muñoz

"Para quê lamentar-me? Quando não estou bem, não me entrego… As pessoas que estão ao nosso lado não têm de suportar isso.” A entrevista da actriz à TV Guia deveria servir de manual a muitos “artistas”.

Carros à vista na TVI

A estação de Queluz de Baixo, agora que está a ganhar no horário das 19:00/20:00, com 'Apanha se Puderes', perde no prime time, com a ficção nacional. A velha táctica vem aí…

Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável