pub
Pedro Chagas Freitas
Pedro Chagas Freitas Dicionário do Amor

Medo

Medo: s.m. Sinónimo de existência, sinónimo de ti. Nasces para sentir medo (é por isso que choras desde o momento em que nasces: temes desde logo o que não dominas) – mas também nasces para o derrotar. Cobarde é só aquele que nunca temeu nada.

Pedro Chagas Freitas: Medíocre

Medíocre: adj. Aquilo que não é bom nem é mau – o que quer dizer que é péssimo. O que mais mata não é a infelicidade – é a quase felicidade, a felicidade dos pequeninos. Se a rotina te mata não mudes de rotina – muda de ti.

Pedro Chagas Freitas: Mar

Mar: s.m. Sinónimo perfeito de equilíbrio – e sinónimo perfeito de desequilíbrio; somos no interior da vida a areia no interior do mar: sabemos tão pouco de para onde vamos, e mesmo assim vamos, enrolados uns nos outros se pudermos, e soubermos, até que algum silêncio nos desassossegue do susto. Mas antes um navio afundado do que um que está sempre estacionado.

Pedro Chagas Freitas: Maleita

Maleita: s.f. Ausência de feridas; não é de quem já sofreu muito que tenho pena – é de quem nunca sofreu; que bosta de existência terá tido?

Pedro Chagas Freitas: Mago

Mago: s.m. Aquele que transforma o amor que sente no amor que vive; o mais difícil num amor não é senti-lo – é executá-lo. Não faltam amores perfeitos embargados sem retorno em fase de construção.

Pedro Chagas Freitas: Lua

Lua: s.f. O satélite que mais alegra; é necessário estares no escuro para saberes mesmo de onde vem a luz. O sol é a festa, a desoriginalidade, as palmadas nas costas, a amizade leviana, o amor fácil. De dia toda a gente é iluminada: qualquer um é visível no meio da luz. Agora experimenta lá ser claridade quando nada és capaz de ver. Amar não é só ver no escuro – é acender o escuro.

Longe

Longe: adv. Aquilo que não aquece nem arrefece; se não mexe contigo: dá-lhe distância. A distância não é o espaço entre ti e um qualquer local ou pessoa – é o espaço entre ti e o que te faz seres tu. Quem não te sente não faz parte da tua gente.

Líder

Líder: s.m. Aquele que mais ama; qualquer um sabe dar ordens que são obedecidas – mas só um grande líder sabe dar ordens que são amadas. Liderar é apaixonar, só um mau líder não o vê (porque, lá está, só um apaixonado reconhece outro).

Lícito

Lícito: adj. Aquilo que, por vezes, o amor não é; não é necessário todos os amores serem foras da lei, sim – mas é necessário que todos os amores te deixem fora de ti.

Libido

Libido: s.f. Aquilo que faz o mundo rodar; vivemos sempre, desengane-se quem pensar o contrário, em estado de pré-orgasmo – à procura do prazer que pode chegar sob as mais diversas formas. Podemos um dia viver sem comida – mas jamais sem amor.

Leve

Leve: adj. Aquilo que é feito com amor; mesmo sendo uma droga pesada, o que mais pesa no amor é a sua ausência.

Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável