pub
Sandro Bettencourt
Sandro Bettencourt Por detrás das câmaras

É tempo de sonhar...

Ai, se eu pudesse voltar a sonhar como dantes, mesmo que fosse a preto e branco. A magia da televisão vai crescendo por estes dias e atinge de forma indiscriminada milhões de pessoas que acabam por ser acometidas pelas mesmas reminiscências.

Sair de cena

Comparo Teresa Guilherme às estrelas de futebol que não conseguem assumir que chegou o momento de arrumar as chuteiras e passar a abraçar outra profissão ou atividade. A margem de manobra de Teresa Guilherme, na TVI, foi-se perdendo com o tempo.

Sorrir. Sempre!

"Devemos sorrir sempre! Até para as pessoas que não conhecemos e com as quais nos cruzamos na rua", dizia Fátima Lopes amiudadas vezes.

Crime público

A violência doméstica sofrida por Bárbara Guimarães é muito mais do que um assunto da vida privada de uma figura pública. É um ato hediondo que deve ser denunciado, noticiado sem eufemismos ou pudores de qualquer espécie.

Errar é humano

Chegou a hora de colocar um ponto final no clima de suspeição que se vive na arbitragem em Portugal. Apitar um jogo de futebol não é de todo uma tarefa fácil e acima de tudo é tempo de aprender a viver e a respeitar quem se engana. Errar é humano.

Aprendiz de "feiticeiro"

O relógio marcava as 03h10, quando a CMTV colocou um ponto final na emissão especial dedicada ao inferno que voltou a deixar marcas profundas e as palavras de António Costa apenas serviram para aumentar ainda mais o meu sentimento de luto.

O pior negócio

Onde é que já vi isto? A resposta à minha pergunta, ao mesmo tempo que franzia os olhos para o ecrã, foi imediata. 'Biggest Deal' não será mais do que um sucedâneo do 'Bar da TV', um programa apresentado por Jorge Gabriel e de má memória para a SIC em 2001.

Bendita TV por cabo!

Já há muito que deixei de fazer parte do séquito que continua a assistir resignado aos conteúdos oferecidos pelos canais generalistas. A RTP, a SIC e a TVI perderam a magia, a capacidade de surpreender.

Tramado pela FIFA

Adrien só volta a jogar na Premier League a partir de janeiro de 2018. Mas, mais do que conseguir gerir os índices físicos, o jogador terá de ter a capacidade de resistir a uma terrível pressão psicológica. As perguntas que ainda hoje me acicatam, são talvez as mesmas que certamente lhe inquietam a alma.

Olha a bolinha!

A televisão, é por estes dias, a última escolha da grande maioria dos portugueses. O cheiro a maresia e a fragrância das estevas tomam conta dos sentidos e conduzem milhares de pessoas à praia.

O brilho e os insetos

Na minha opinião, tal como escreveu o capitão da Seleção Nacional nas redes sociais, tudo se resume à intensidade do brilho que irradiamos. "O que incomoda as pessoas é o meu brilho, insetos só atacam lâmpadas que brilham!!!"

Missão cumprida

A CMTV continua a acompanhar ao segundo o rasto de destruição provocado pelas chamas, mas foi a reportagem do jornalista Diogo Carreira e André Germano que me prendeu ao ecrã.

Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável