Notícia

memórias

Teresa Guilherme lança livro auto-biográfico: "Não gosto de olhar para trás"

A apresentadora lançou, na quinta-feira, dia 5, um livro que percorre alguns momentos da sua vida. Garante que não é a sua biografia e que ainda não chegou a altura para o fazer. Mas aqui estão algumas histórias mais conhecidas deixando a porta aberta para o lançamento de um segundo...
Por Hugo Alves | 06 de julho de 2017 às 18:42
Teresa Guilherme lançou no dia 5 de Julho o seu livro 'Cheguei Onde Me Esperavam', uma espécie de auto-biografia onde retrata alguns dos acasos da sua vida. 

Contudo, para a apresentadora, de 62 anos de idade, não foi fácil olhar para trás. "Fez-me confusão olhar para detalhes da minha vida. Por isso é que nunca escrevi uma biografia. Porque ia ter olhar com atenção. Não sou pessoa de recordar. Sou uma pessoa para a frente que não é presa à nostalgia. Tanto é que para verem, nunca vi nada do que fiz em televisão", conta.

"Mentira...apenas vi uma coisa muito antiga no You Tube de quando estava a começar. Estava a entrevista o Sr. Alberto, o do 'Dança com as Estrelas'", relembra. 

E estas histórias agora só foram parar ao papel, nesta altura "porque são as histórias que se contam mais entre os amigos".

E no livro há de tudo: momentos para rir, nostalgia e até revelações. Mas com atenção para não se dizer mal de ninguém ainda vivo. Porém as revelações param em 2005, por altura das gravações de Floribella

"Foi sem querer. Foi o Bruno Santos que se apercebeu disso", conta. "Assim posso fazer outro livro". E nesse promete histórias ligadas aos reality shows que nos últimos 17 anos se tornaram a sua casa. "Há muitas histórias maravilhosas da 'Casa dos Segredos', do 'Big Brother', embora aqui dê um cheirinho. A minha favorita vai ter a ver com a saída da Verónica do 'Big Bother'", relembra sem adiantar mais.

Para este livro a apresentadora diz ter demorado cerca de "dois meses" tendo a maior parte do tempo passado "a escolher as histórias que ficavam criando uma linha para o livro", refere. "E depois acabei por escolher os acasos da vida que são uma permanência ao longo da minha carreira".

...
Teresa Guilherme e Manuel Luis Goucha
Na apresentação não faltaram amigos. "Eu é que estava cheia de medo que não aparecesse ninguém. Já me andava a lamentar ter escolhido o verão para isto. O Manuel Luis Goucha, até se ria", diz Teresa que teve o seu "marido arranjado" a apresentar e a recordar com ela algumas histórias. "Vivemos ambos grandes histórias e ele sabe quase todas as outras que não estão no livro".

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável