Alta finança e aristocracia na apresentação do livro de Jaime Nogueira Pinto

Maria Luísa Champalimaud, ladeada por Pedro de Bragança e pela sua esposa Marie Claude Parnaud de Bragança.

Jaime Nogueira Pinto disserta em "Bárbaros e Ilimunados" sobre as utopias e o populismo, temas que continuam na ordem do dia.

Dia 18, no Salão Nobre da Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa, mais de setenta convidados, ouviram Jaime Nogueira Pinto revelar o ponto de partida da sua nova obra: foi a batalha entre Emanuel Macron e Marine Le Pen a base de inspiração para o livro "Bárbaros e Iluminados".

Dom Duarte Pio, ladeado à esquerda por Luís Almeida, embaixador de Angola junto da CPLP e à direita pelo empresário Manuel Fino, escutou com atenção as palavras do amigo e autor Jaime Nogueira Pinto.

Maria do Carmo Martins Pereira e Maria Luísa Champalimaud, filha do antigo banqueiro António Champalimaud, o rei da finança da indústria na época do Estado Novo, estiveram presentes na fila da frente.

Claudine do Cadaval, uma amiga aristocrata que não faltou à chamada do intelectual Jaime Nogueira Pinto.

Paula Caetano, a viúva de Horácio Roque, ex-grupo Banif, também acompanhou a apresentação do livro de Jaime Nogueira Pinto, em que muito se falou de populismo.

Os jornalista Vítor Gonçalves, da RTP, e Joana Petiz, sub-diretora do Diário de Notícias, conduziram uma apresentação do livro com formato de entrevista.

Rui Pêgo, diretor da RDP e Luís Marinho, ex-diretor e administrador da RTP, estiveram presentes pois une-os uma amizade com o autor, dos tempos em que colaboraram no programa radiofónico 'Radicais Livres', na Antena 1, onde também participava Rúben de Carvalho.

O autor Jaime Nogueira Pinto com os co-apresentadores. minutos antes de estes começarem a entrevista sobre as linhas principais do livro "Bárbaros e Iluminados".

Maria do Carmo Martins Pereira e Maria Luísa Champalimaud, com o jornalista Xavier de Figueiredo na retaguarda.

Dom Duarte Pio de Bragrança à conversa com Maria Luísa Champalimaud e Maria do Carmo Martins Pereira, no final da apresentação do livro de Jaime Nogueira Pinto.

No final, todos quiseram um autógrafo do autor. Muitos conseguiram felicitá-lo pela obra e ainda desejar-lhe um bom Natal.

A sessão de autógrafos da praxe foi muito concorrida.

Foi com prazer que Jaime Nogueira Pinto autografou o seu mais recente livro "Bárbaros e Iluminados", que agora é dos amigos que presenciaram o lançamento.

Notícia


Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável