A carregar o vídeo ...

Notícia

Buscas na casa da ex-presidente da Raríssimas

Paula Brito e Costa foi indiciada pelos crimes de peculato, falsificação de documentos e recebimento indevido de vantagem.
22 de dezembro de 2017 às 18:22

Saber mais sobre

Últimos

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável