Notícia

Exclusivo

Luciana Abreu volta ao banco dos réus por causa do pai

Luciana Abreu vai ter de explicar a suposta violência de que acusou Luís Costa Real em 2007. A sessão em tribunal está marcada para 3 de março.
Por João Bénard Garcia | 21 de fevereiro de 2017 às 22:00
Luciana Abreu no tribunal por queixa feita pelo pai
Luciana Abreu na primeira audiência
Pai da atriz acusa-a de difamação
Luciana Abreu na primeira audiência
Luciana Abreu na primeira audiência
A mãe e irmã de Luciana, à chegada ao tribunal
Luciana Abreu na primeira audiência, em tribunal, no processo em que é acusada pelo pai, de difamação
Ludovina Abreu, mãe da atriz, acabou por não depôr, na qualidade de testemunha, em tribunal, no processo que opõe Lucy e o pai, Luís Costa Real. Na foto, com a neta Lyonce, quando tudo estava bem.
A atriz está agora mais satisfeita e bem disposta num momento em que se prepara para ser uma das protagonistas de 'Espelho d'Água'
Depois do pai, que perdeu a causa, é a vez de Luísa Abreu, a irmã, querer avançar para tribunal contra a atriz. Luísa tem, neste momento, 3 trabalhos para conseguir sustentar-se
Luciana Abreu, tribunal, pai
Luciana Abreu, tribunal, pai
Luciana Abreu, tribunal, pai
Luciana Abreu, tribunal, pai
Luciana Abreu, tribunal, pai
Luciana Abreu, tribunal, pai

Luciana Abreu, de 31 anos, vai voltar a sentar-se no banco dos réus, no próximo dia 3 de março, devido a uma queixa-crime por difamação interposta pelo pai da artista, Luís Costa Real, atualmente a residir no Brasil. A nova sessão do julgamento começa às 10 horas da manhã com Luciana Abreu a defender-se das acusações do pai.

Este julgamento teve, até agora, uma única sessão - a 11 de outubro de 2016 - onde nada aconteceu, exceto a constatação pela juiz titular de que havia erros processuais que teriam de ser ultrapassados, arguidos que não tinham sido notificados da sua condição e, por consequência, testemunhas não arroladas para o efeito.

A atriz e cantora, que se notabilizou na televisão portuguesa com a personagem 'Floribella', a protagonista de uma série juvenil da SIC emitida em 2006 e 2007, terá feito publicamente, no auge do mediatismo do programa, declarações que não caíram bem a Luís Costa Real, nomeadamente as de que o pai era "alcoólico", "drogado" e que teria agredido familiares, um suposto drama que a estrela terá vivido na infância.

Em junho de 2007, perante uma plateia cheia na Assembleia da República, a então jovem figura pública revelou as dificuldades familiares que teve, em especial com o pai, que foi formalmente condenado em 2005 por um crime de violência doméstica, após uma queixa nas autoridades por agressão física a Ludovina Abreu, mãe de Luciana, com quem esta cortou relações no final de 2016.

"Nunca irei perdoar o meu pai. Ele ficou para trás e não quero nada dele", referiu então no parlamento a estrela da SIC, depois de ter revelado uma alegada vida de horror e terror na antiga casa paterna. Luís Costa Real não gostou do que ouviu e leu na comunicação social a seu respeito e decidiu processar a filha em tribunal, vincando na acusação o quanto estas imputações pesaram na sua vida.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável