Notícia

Drama

Malato faz despedida dolorosa ao pai, em fase terminal na luta contra cancro

O apresentador da RTP lamenta o "sofrimento inútil e dispensável" que o pai atravessa na fase terminal na luta contra o cancro. "Já vi demasiadas pessoas à espera da morte", revolta-se Malato.
17 de abril de 2018 às 17:10

Malato tem sido incansável no acompanhamento e apoio ao pai, António, de 74 anos, que luta contra um cancro desde o verão passado. O estado do pai do apresentador da RTP agravou-se e Malato não conseguiu calar a revolta.

Em jeito de despedida, o apresentador deixou uma mensagem sentida mas também com muita raiva. "Já vi demasiadas pessoas à espera da morte. Que sofrimento inútil e dispensável", clama Malato numa frase que espelha bem a dor por que está a passar ao ver o estado de saúde do pai agravar-se.

A carregar o vídeo ...

Despe a primeira hora, o rpolfissional da RTP, de 54 anos de idade, tem feito um acompanhamento permanente da luta do pai contra a doença, publicando nas redes sociais os momentos de vitória mas também os mais dolorosos como este agora. "Que sofrimento inútil e dispensável! Espero que, quando chegar a minha vez, tenha discernimento, força, coragem e a lei do meu lado para decidir, eu próprio, ir ao encontro dela", desabafou.

Ainda em meados de março, José Carlos Malato tinha partilhado um momento de esperança e respirado de alívio ao ir buscar o pai ao hospital depois de António Malato ter recuperado de uma pneumonia. 

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável