Notícia

Drama

A dor não passa: Viúva de Pedro Lima obrigada a regressar ao trabalho para salvar a família

Ao fim de pouco mais de dois meses da morte do ator, Anna Westerlund reabre a loja do Chiado para fazer face aos problemas familiares e deixa mensagem de esperança.
05 de setembro de 2020 às 12:12
Anna Westerlund vai ter que administrar pesados encargos financeiros da família
Pedro Lima, Anna Westerlund
Pedro Lima
A morte de Pedro Lima, deixa alegadamente a família do ator com menos dinheiro para poder gastar. Os amigos estão dispostos ajudar em tudo o que for preciso...
Pedro Lima
Anna Westerlund e Pedro Lima
Pedro Lima
Pedro Lima
Pedro Lima
Pedro Lima
Pedro Lima e Anna Westerlund
Pedro Lima e Anna Westerlund
Pedro Lima com a filha
Pedro Lima e Anna Westerlund
Pedro Lima e Anna Westerlund
Pedro Lima e Anna Westerlund
Pedro Lima e Anna Westerlund
Pedro Lima e Anna Westerlund
Pedro Lima e Anna Westerlund
Pedro Lima e Anna Westerlund
Pedro Lima e Anna Westerlund
Pedro Lima e Anna Westerlund
Pedro Lima e Anna Westerlund
Pedro Lima e Anna Westerlund
Pedro Lima, Anna Westerlund
Pedro Lima
Pedro lima
Pedro Lima
Anna Westerlund e Pedro Lima
Pedro Lima
Pedro Lima
Pedro Lima
Pedro Lima
Pedro Lima e Anna Westerlund
Pedro Lima e Anna Westerlund
pedro lima, filha
Pedro Lima e Anna Westerlund
Pedro Lima e Anna Westerlund
Pedro Lima e Anna Westerlund
Pedro Lima e Anna Westerlund
Pedro Lima e Anna Westerlund
Pedro Lima e Anna Westerlund
Pedro Lima e Anna Westerlund
Pedro Lima e Anna Westerlund
Pedro Lima e Anna Westerlund
Pedro Lima e Anna Westerlund
Pedro Lima e Anna Westerlund
Anna Westerlund viveu os primeiras semanas sem o companheiro isolada ao lado dos quatro filhos e com o apoio do enteado, o filho mais velho do ator, João Francisco. Quando enfim decidiu regressar ao trabalho na loja do Chiado, a 20 de julho, passou apenas duas semanas no local antes de fechar o espaço para umas longas férias de um mês.

Anna aproveitou este de mês de férias para se dedicar em exclusivo aos filhos, Max, Mia, Emma e Clara, sem nunca esquecer o marido. O regresso sempre esteve previsto para setembro. Com a morte do ator, a 20 de junho, desapareceu grande parte do rendimento familiar. O trabalho de ceramista é a receita para salvar a família de maiores dificuldades.

Em julho, durante os poucos dias em que a loja do Chiado – com uma renda de cerca de 5 mil euros – esteve aberta, uma onda de solidariedade fez com que houvesse um acréscimo de encomendas, tanto que Anna teve dificuldade em fazer face aos pedidos. A viúva de Pedro Lima reabre agora a loja.

No anúncio feito através das redes sociais Anna Westerlund deixa uma mensagem com o olhar no futuro e um sentimento de esperança renascida: "A loja do Chiado já reabriu e durante os próximos dias iremos repor peças com novidades! Em setembro vamos conseguir enviar todas as encomendas, ter novidades na loja, lançar peças novas e iniciar novos projetos! Setembro o mês do regresso às aulas boa sorte a todos os regressos!"

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!
Anónimo Há 2 semanas

Procurando uma garota por uma noite? Bem-vindo - http://3sex.club

Mary Dawkins Há 2 semanas

Você quer escrever uma homenagem a uma jovem? ...................... >>>> w­w­w­.­L­o­v­e­s­M­e­e­t­x­.­C­o­m

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável

;