Notícia

Drama

A maior mágoa de Rui Vitória: A morte do pais cedo demais

O ex-treinador do Benfica desgosto de os pais terem morrido e não o terem visto como técnico de futebol.
11 de junho de 2019 às 14:12
Atualmente a viver na Arábia Saudita, Rui Vitória encontra-se longe da família para treinar a equipa do Al Nassr. O ex-treinador do Benfica fez uma visita a Portugal e esteve à conversa com Cristina Ferreira, onde falou sobre a sua experiência no estrangeiro e os planos de voltar ao país onde nasceu, Portugal. 

Apaixonado pelo futebol desde sempre, o técnico português confessou gostar mais de ser treinador do que jogador. Foi com 32 anos de idade que Rui Vitória deixou a carreira de jogador para dar início à vida de técnico.

Durante a conversa com a apresentadora da SIC, Rui Vitória mostrou sentir muita mágoa devido ao facto de os pais nunca o terem visto a treinar equipas de futebol. "
Foi curioso porque eles faleceram num dia e foi aí que comecei. Portanto eles nunca me viram como treinador."

Recorde-se que os progenitores do antigo técnico do Benfica, Avelino e Esmeraldina, tiverem um acidente rodoviário que lhes ceifou a vida, já no regresso a Alverca, terra que viu nascer Rui Vitória, localidade onde ainda residiam os pais do técnico. 

Apesar da dor, Rui Vitória diz ter sido uma grande "lição de vida" e que a situação o ajudou a ter força para ocasiões futuras. 

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável