Notícia

saúde

Antigo agente de Michael Schumacher sem esperança na recuperação do piloto

O antigo campeão do mundo de Fórmula 1 continua numa espécie de estado vegetativo e os amigos deixam de acreditar na sua recuperação, depois de acidente enquanto esquiava em 2013.
13 de outubro de 2018 às 18:36

Passaram quase 5 anos e o estado de saúde de Michael Schumacher continua inalterado. Os amigos estão a deixar de ter esperança numa possível recuperação do antigo campeão de Fórmula 1, que permanece numa espécie de estado vegetativo desde que sofreu um grave acidente enquanto esquiava, em dezembro de 2013.

Willi Weber, que durante mais de 20 anos foi agente do piloto, está desolado com a situação e revelou que deixou de ter esperança na recuperação de Schumacher, que permanece inconsciente desde que sofreu uma queda e bateu com a cabeça numa pedra quando esquiava nos alpes franceses. 

Ver esta publicação no Instagram

#Repost @f1 with @get_repost ··· 12 OCTOBER, 2003: Ferrari and Michael Schumacher make F1 history at the final race of the season in Japan. Starting from P14, Schumacher needed a P8 finish to guarantee a record sixth drivers’ title, with Kimi Raikkonen still in with a chance of overhauling him. Schumacher overcame two collisions to take that P8, rewriting the record books, having gone to the full limits of his powers of determination and concentration. It was Rubens Barrichello who took the race win, killing off Raikkonen’s title hopes and helping to clinch a fifth straight constructors’ title for Ferrari - another F1 record . #F1 #Formula1 #Japan #MichaelSchumacher #Schumacher #Ferrari #ScuderiaFerrari #Barrichello #History #Records #Legend #Champion @scuderiaferrari @rubarrichello @suzukacircuit_official #OnThisDay

Uma publicação partilhada por Michael Schumacher (@michaelschumacher) a



"Depois de um longo período de tristeza, tive de colocar um ponto final, tive de encerrar o assunto", assumiu Willi Weber, "de outra maneira ficaria louco".

O ex-agente recordou os gloriosos tempos em que estiveram juntos: "Tivemos o melhor, o maior sucesso juntos e passamos muito tempo nestes 20 anos", contudo, "a esperança já não está nas nossas mãos".



O verdadeiro estado de saúde de Michael desde o acidente foi sempre um tema tabu para a família do piloto, que nunca revelou grandes pormenores, agradeceu apenas o carinho dos fãs demonstrado ao longo destes penosos anos.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Newsletter

Subscrever Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável