Notícia

Polémica

Assédio sexual põe em risco Sarah Jessica Parker em 'Sexo e a Cidade'

Durante as filmagens da icónica séria, a atriz foi vítima do comportamento "inadequado" de um poderoso ator.
08 de julho de 2019 às 17:26
Os looks mais ao lado da série 'O Sexo e a Cidade'
sex and the city, o sexo e a cidade
sex and the city, o sexo e a cidade
sex and the city, o sexo e a cidade
sex and the city, o sexo e a cidade
sex and the city, o sexo e a cidade
sex and the city, o sexo e a cidade
sex and the city, o sexo e a cidade
sex and the city, o sexo e a cidade
sex and the city, o sexo e a cidade
sex and the city, o sexo e a cidade
sex and the city, o sexo e a cidade
sex and the city, o sexo e a cidade
sex and the city, o sexo e a cidade
sex and the city, o sexo e a cidade
sex and the city, o sexo e a cidade
sex and the city, o sexo e a cidade
sex and the city, o sexo e a cidade
sex and the city, o sexo e a cidade
sex and the city, o sexo e a cidade
sex and the city, o sexo e a cidade
sex and the city, o sexo e a cidade
sex and the city, o sexo e a cidade
sex and the city, o sexo e a cidade
sex and the city, o sexo e a cidade
sex and the city, o sexo e a cidade
sex and the city, o sexo e a cidade
sex and the city, o sexo e a cidade
sex and the city, o sexo e a cidade
sex and the city, o sexo e a cidade
sex and the city, o sexo e a cidade
sex and the city, o sexo e a cidade
sex and the city, o sexo e a cidade
sex and the city, o sexo e a cidade
sex and the city, o sexo e a cidade
sex and the city, o sexo e a cidade
sex and the city, o sexo e a cidade
sex and the city, o sexo e a cidade
sex and the city, o sexo e a cidade

Durante uma discussão sobre o movimento #MeToo, Sarah Jessica Parker revelou que esteve à beira de abandonar 'Sexo e a Cidade' por causa do comportamento "desconfortável" e "inapropriado" de um poderoso ator (do qual não revelou o nome).

De 1998 a 2004, a atriz de 54 anos de idade deu vida a Carrie Bradshaw, ao lado de Kim Cattrall, Cynthia Nixon e Kristin Davis. Apesar do estatuto de estrela numa das sérias de televisão mais famosas do mundo, Sarah Jessica Parker queixa-se da discrepância entre géneros: "Não importa o quanto evoluída ou moderna eu pensava que era, não me sentia tão poderosa quanto o homem que estava a ter um comportamento inadequado."

E porque o assédio sexual continuou, Sarah Jessica Parker foi obrigada a recorrer ao seu agente e pedir-lhe que alertasse os produtores de 'Sexo e a Cidade' de que ela abandonaria a série, caso o comportamento do "poderoso" ator não se alterasse.

Sarah Jessica Parker tem um segredo para manter a jovialidade aos 54 anos
Sarah Jessica Parker
Sarah Jessica Parker - colar statement
Sarah Jessica Parker
Sarah Jessica Parker
Sarah Jessica Parker
Sarah Jessica Parker
Sarah Jessica Parker
Sarah Jessica Parker
Sarah Jessica Parker
Sarah Jessica Parker
Sarah Jessica Parker
Sarah Jessica Parker
Sarah Jessica Parker
Sarah Jessica Parker
Sarah Jessica Parker
Sarah Jessica Parker
Sarah Jessica Parker
Sarah Jessica Parker
Sarah Jessica Parker
Sarah Jessica Parker
Sarah Jessica Parker
Sarah Jessica Parker
Sarah Jessica Parker
Sarah Jessica Parker
Sarah Jessica Parker
Sarah Jessica Parker

"Recorri ao meu agente, porque senti que não era capaz de transmitir o quão desconfortável isso estava a deixar-me e como era inadequado", justificou Sarah. "Em poucas horas tudo mudou. Ele disse [aos produtores]: 'Se isso continuar, eu dou-lhe um bilhete, um bilhete de ida para fora desta cidade' - onde estava a gravar - 'e ela não voltará'".

Sarah Jessica Parker referiu ainda que, só após o surgimento do movimento #MeToo, é que se apercebeu do que tinha sofrido no início da carreira. "Apenas há 6 ou 8 meses atrás é que comecei a reconhecer inúmeras experiências de homens que tiveram comportamentos inadequados", reconheceu a atriz norte-americana.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável

;