Notícia

drama

Cabeleireira dos famosos do Porto alvo de buscas do Fisco e da PSP por desvio de milhões

Os espaços de Inês Pereira foram visitados pelas autoridades que investigam suspeitas do grupo ter lesado o Estado em vários milhões, nos últimos anos.
12 de dezembro de 2018 às 11:07
Grupo Inês Pereira investigado por esconder milhões do estado
Inês Pereira
Inês Pereira
Inês Pereira
Inês Pereira
Inês Pereira
Inês Pereira
Inês Pereira
Inês Pereira
Inês Pereira
Inês Pereira
Inês Pereira
Inês Pereira

São milhões que as autoridades acreditam terem sido lesados ao estado e que terão levado a Autoridade Tributária e a Polícia de Segurança Pública a realizarem esta terça-feira buscas em vários espaços do grupo de cabeleireiro Inês Pereira, conhecida no norte por lidar com os looks de muitas figuras públicas, como Cláudia Jacques.

O fisco está a investigar se existe uma possível contabilidade paralela que poderá ter lesado o Estado em milhões de euros através de uma sociedade offshore, revela o 'Jornal de Notícias'.

Ver esta publicação no Instagram

Loiro natural?? #hair #blonde #balayage #tendencias #cor Formação Manubela Cabeleireiros de Anabela Pereira para o grupo IP Ines Pereira Cabeleireiros, dia de inspiração, tendências e partilha #manubelacabeleireiros #inespereiracabeleireiros #academiaIP #tendências #hairstyle ??????

Uma publicação partilhada por Inês Pereira Cabeleireiros (@inespereiracabeleireiros) a



A publicação garante que existe um inquérito da Direcção de Finanças do Porto, dirigido pelo Departamento de Investigação e Acção Penal do Porto, que está a investigar o grupo que tem espaços em Guimarães e Porto, com 100 colaboradores, e que tem mais de 20 mil clientes. 

No âmbito das buscas terão sido constituídas arguidas 4 pessoas. Ao Jornal de Notícias, Inês Pereira diz ter sido alvo de uma "fiscalização normal, como acontece em muitos sítios", garantido desconhecer qualquer inquérito criminal.

Ver esta publicação no Instagram

I’m beautiful thanks for the makeup @pssgm and my eyebrows @saraynails_ip ?? Perfect

Uma publicação partilhada por Inês Pereira Cabeleireiros (@inespereiracabeleireiros) a



No entanto, a principal suspeita de fraude e evasão fiscal é a própria Inês Pereira. São descritos vários indícios de serviços pagos em dinheiro por clientes que não foram registados na contabilidade oficial do grupo, tendo sido integrados num "saco azul". A investigação diz respeito apenas aos últimos cinco anos do grupo, o que, diz o jornal, leva as autoridades a crer que o esquema de facturas dissimuladas pode ter lesado o Estado em vários milhões de euros.

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável

;