Notícia

Sentença

Carrilho obrigado a frequentar curso para maridos agressores, a pagar 50 mil euros e a manter-se longe de Bárbara

Manuel Maria Carrilho foi condenado a quatro anos e meio de prisão, com pena suspensa por sete crimes e ainda terá de pagar 50 mil euros à ex-mulher.
Por João Bénard Garcia | 31 de outubro de 2017 às 20:22
Carrilho obrigado a pagar 65 mil euros a Bárbara Guimarães e Kiki Neves
Manuel Maria Carrilho volta a sentar-se no banco dos réus, agora acusado de ter batido no pedopsiquiatra do filho Dinis.
Manuel Maria Carrilho
Bárbara Guimarães e Kiki Neves em tribunal
Bárbara com o atual namorado, o ex-forcado Carlos Pegado
Por agora, Bárbara respira fundo, mas o seu inferno ainda não terminou
Ernesto Neves à chegada ao tribunal com o advogado
No verão de 2015, Bárbara Guimarães vive um romance com o empresário Kiki Neves. As primeiras fotos publicadas na revista FLASH! do casal em Montargil
Manuel Maria Carrilho à saída do tribunal com o advogado. Professor garante que vai recorrer
Uma das fotos preferidas da apresentadora, divulgada nas suas redes sociais
Manuel Maria Carrilho, Ernesto Neves, Kiki Neves, Bárbara Guimães
Manuel Maria Carrilho
Bárbara Guimarães, Kiki Neves
Bárbara Guimarães
Bárbara Guimarães, Carrilho
Manuel Maria Carrilho, Ernesto Neves, Kiki Neves, Bárbara Guimães
 Manuel Maria Carrilho
Bárbara Guimarães
"A minha mulher é uma alcoólica", foi assim que Manuel Maria Carrilho reagiu após ouvir a sentença de que havia sido condenado a quatro anos e meio de prisão, com pena suspensa, por sete crimes, entre eles um de violencia doméstica contra a ex-mulher, Bárbara Guimarães. Mas a sentença não fica por aqui...

A carregar o vídeo ...
Dois crimes de injúrias, 2 de ameaça física, um de ofensa à integridade física, uma denúncia caluniosa difamação (além do já referido crime de violêcia doméstica) estiveram na base da decisão judicial, terça-feira, 31 de outubro. Os crimes remetem ao ano de 2014, ao longo do qual, considerou a juíza responsável pelo processo, Carrilho terá por diversas vezes cometido estes crimes junto de Bárbara e pessoas perto dela. 

Como tal além da condenação com pena suspensa, o ex-ministro da cultura está proibido de se aproximar da ex-mulher, a quem terá de pagar uma indemnização de 50 mil euros e ainda comparecer num curso destinado a "maridos agressores".

Psiquiatra trata Carrilho devido a problemas de "agressividade"
Carrilho, no Campus de Justiça, em Lisboa
Bárbara e Carrilho estão oficialmente divorciados desde novembro de 2013
O ex-marido de Bárbara Guimarães é seguido por um psiquiatra que lhe controla
O ex-marido da estrela de televisão Bárbara Guimarães foi acompanhado pelo clínico Joaquim Cabeças
O julgamento que opõe o professor de filosofia reformado e a apresentadora de televisão dura há um ano
O médico que acompanhou Manuel Maria Carrilho confirmou ao tribunal supostas tendências suicidas
A guerra em tribunal de Bárbara Guimarães e Manuel Maria Carrilho, no Campus de Justiça, em Lisboa, é um dos casos mais mediáticos de sempre
Em 2013, quando o casal se separou, a polícia chegou a ser chamada várias vezes à antiga casa do casal
Bárbara e Carrilho estão oficialmente divorciados desde novembro de 2013. As constantes idas do ex-ministro à casa onde ficara a morar a mulher causava medo à apresentadora
Durante os anos em que estiveram juntos, imagens de apoio como esta eram habituais. Carrilho, acompanhado pela então esposa, no final do discurso de derrota eleitoral, nas autarcas de 2005
O apoio da apresentadora ao então seu marido e candidato do Partido Socialista à Câmara Municipal de Lisboa, em 2005
Nas Eleições Autárquicas 2005, um polémico debate televisivo entre Manuel Maria Carrilho e Carmona Rodrigues
O então casal, numa manifestação contra a Guerra no Iraque, em 2003. Bárbara e Carrilho estiveram casados 12 anos
manuel maria carrilho
manuel maria carrilho
manuel maria carrilho
manuel maria carrilho
manuel maria carrilho
manuel maria carrilho
manuel maria carrilho
manuel maria carrilho
manuel maria carrilho
manuel maria carrilho
manuel maria carrilho
manuel maria carrilho

50 MIL A BÁRBARA, 15 MIL A KIKI...

Carrilho terá ainda de pagar a Kiki Neves, namorado de Bárbara nessa época, 15 mil euros e a Ricardo Pereira, agredido por Carrilho, 1750 euros. 

Recorde-se que um dos episódios remonta à madrugada em que o ex-ministro terá forçado entrada na casa de Bárbara Guimarães após um telefonema do filho, Dinis, queixando-se de que estava em casa sozinho. Nessa noite, 21 de maio de 2014, Carrilho terá forçado a entrada e, de acordo com a apresentadora, agredido a ela e a Kiki Neves. 

A carregar o vídeo ...
O advogado de Manuel Maria Carrilho já garantiu que irá recorrer da sentença pois vários depoimentos da defesa não terão sido "levados em consideração".

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Mais Lidas

+ Lidas

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável

;