Notícia

Polémica

Choque! Presidente do Brasil diz que dorme com arma minutos antes do ataque à escola que fez 10 mortos

Presidente do Brasil afirmou que só consegue dormir com a arma ao lado e que a mulher, Michelle Bolsonaro, aprova. Pouco depois acontecia a tragédia na escola Suzano, em São Paulo.
14 de março de 2019 às 10:54
A carregar o vídeo ...

Foi uma das grandes "armas" de campanha de Jair Bolsonaro para as presidenciais do Brasil. Em janeiro, o eleito presidente do Brasil cumpria aquela que foi a mais polémicas das suas promesas eleitorais ao assinar o decreto lei que veio facilitar o acesso às armas de fogo.

Minutos antes do trágico atentado na escola Suzano, em São Paulo – que terminou com 10 mortos, entre alunos e funcionários da escola e os atiradores – Jair Bolsonaro conversava com jornalistas e dizia-lhes que "dorme com uma arma ao lado de sua cama, no Palácio da Alvorada".

Segundo avança a 'Folha de São Paulo', o presidente brasileiro garante que "só consegue mesmo dormir sabendo que a arma está ali", ao seu lado, e que a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, "compreende o seu gesto".

O look da nova primeira-dama do Brasil na tomada de posse de Bolsonaro
Michelle Bolsonaro
Michelle Bolsonaro
Michelle Bolsonaro
Michelle Bolsonaro
Michelle Bolsonaro
Michelle Bolsonaro
Michelle Bolsonaro
Michelle Bolsonaro
Michelle Bolsonaro
Michelle Bolsonaro
Michelle Bolsonaro
Michelle Bolsonaro
Michelle Bolsonaro
Michelle Bolsonaro
Michelle Bolsonaro
Michelle Bolsonaro
Michelle Bolsonaro
Michelle Bolsonaro

Dois antigos alunos da escola Suzano, em São Paulo, Brasil, mataram quarta-feira, dia 13, oito pessoas num tiroteio, cinco delas adolescentes, alunos da escola, duas funcionárias e o dono de uma empresa de aluguer de automóveis. 

Depois de matarem, o atirador mais novo, Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos de idade, matou o mais velho, Luiz Henrique de Castro, de 25 anos, segundo confirmou a polícia ao jornal brasileiro G1. Guilherme Taucci Monteiro suicidou-se de seguida, passando para 10 mortos o total de vitimas deste massacre.

Documentos mostram que Jair Bolsonaro fez ameaças de morte à segunda ex-mulher
bolsonaro
Um telegrama escrito pelo vice-cônsul do Ministério das Relações Exteriores em 2011 relata o clima de ameaças que a segunda ex-mulher de Jair Bolsonaro, candidato à Presidência do Brasil, vivia
Tudo começou quando Cristina Bolsonaro deixou o país para viver na Noruega com o novo marido e o filho que teve com Jair Bolsonaro, alegadamente sem autorização do deputado do Rio de Janeiro. Jair entrou então em contato com o Ministério das Relações Exteriores o que motivou a conversa do vice-cônsul do Brasil em Oslo, Carlos Henrique Cardim, e, por sua vez, uma descrição da situação num relatório
Documento publicado pela 'Folha de São Paulo'
Documento publicado pela 'Folha de São Paulo'
Cristina com o segundo marido na Noruega
O candidato da extrema-direita conquista 46% dos votos mas vai a segunda volta com Fernando Haddad, do partido de Lula, tentar a eleição
Diante da publicação do documento em setembro deste ano, Cristina negou tudo, apesar da reafirmação do antigo ex-cônsul sobre a veracidade do documento. A ex-mulher de Jair Bolsonaro também concorria nestas eleições, a deputada federal do Rio de Janeiro, mas não conseguiu votos suficientes para se eleger
Cristina Bolsonaro, Jair Bolsonaro
Cristina Bolsonaro, Jair Bolsonaro
 Jair Bolsonaro
Cristina Bolsonaro, Jair Bolsonaro
Cristina Bolsonaro, Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro é conhecido por ser simpático à posse de arma, ditadura militar e à prática de tortura. Na foto, o candidato aponta para o ex-presidente brasileiro Emílio Garrastazu Médici que governou aquele país de 1969 a 1974, durante a ditadura militar. É possível ler na imagem:
 Jair Bolsonaro
 Jair Bolsonaro
O presidente eleito do Brasil, Jair Bolsonaro
 Jair Bolsonaro
 Jair Bolsonaro
 Jair Bolsonaro
 Jair Bolsonaro
bolsonaro
Cristina Bolsonaro, Jair Bolsonaro
Cristina Bolsonaro, Jair Bolsonaro
Cristina Bolsonaro, Jair Bolsonaro
Cristina Bolsonaro, Jair Bolsonaro
Cristina Bolsonaro, Jair Bolsonaro
 Jair Bolsonaro
Cristina Bolsonaro, Jair Bolsonaro
Cristina Bolsonaro, Jair Bolsonaro
Cristina Bolsonaro, Jair Bolsonaro
 Jair Bolsonaro
Cristina Bolsonaro, Jair Bolsonaro
Cristina Bolsonaro, Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro
 Jair Bolsonaro
 Jair Bolsonaro
 Jair Bolsonaro
 Jair Bolsonaro
 Jair Bolsonaro
 Jair Bolsonaro
 Jair Bolsonaro

O tiroteio começou às 9:30 da manhã quando as aulas da escola de Suzano já tinham iniciado. Guilherme e Luis Henrique pararam o carro junto do portão da escola, carregaram as armas, entraram pela porta da frente e começaram a disparar indiscriminadamente.

À hora do "café da manhã", onde Bolsonaro revelou que não consegue dormir sem a arma junto à cama, a tragédia da escola de Suzano ainda não era conhecida. Foi notícia minutos depois. Quando se soube do tiroteio e das mortes, Bolsonaro remeteu-se ao silêncio... durante mais de seis horas. Afinal, três meses antes tinha assinado o decreto que veio facilitar o porte de arma.

Quem é a mulher que partilha a vida com o polémico Jair Bolsonaro
Michelle e Jair Bolsonaro
Michelle e Jair Bolsonaro
Michelle e Jair Bolsonaro
Michelle e Jair Bolsonaro
Michelle e Jair Bolsonaro
Michelle e Jair Bolsonaro
Michelle e Jair Bolsonaro
Michelle e Jair Bolsonaro
Michelle e Jair Bolsonaro
Michelle e Jair Bolsonaro
Michelle e Jair Bolsonaro
Michelle e Jair Bolsonaro
Michelle e Jair Bolsonaro
Michelle e Jair Bolsonaro
Michelle e Jair Bolsonaro
Michelle e Jair Bolsonaro
Michelle e Jair Bolsonaro
Michelle e Jair Bolsonaro
Michelle e Jair Bolsonaro
Michelle e Jair Bolsonaro
Michelle e Jair Bolsonaro
Michelle e Jair Bolsonaro
Michelle e Jair Bolsonaro
Michelle e Jair Bolsonaro
Michelle e Jair Bolsonaro
Michelle e Jair Bolsonaro
Michelle e Jair Bolsonaro
Michelle e Jair Bolsonaro
Michelle e Jair Bolsonaro
Michelle e Jair Bolsonaro
Michelle e Jair Bolsonaro
Michelle e Jair Bolsonaro
Michelle e Jair Bolsonaro
Michelle e Jair Bolsonaro

Comentários

Comentários
este é o seu espaço para poder comentar as nossas notícias!

Mais Lidas

+ Lidas

Instagram

Instagram

Newsletter

Newsletter

Subscreva a newsletter e receba diáriamente todas as noticias de forma confortável

;